Meio Ambiente/Ecologia -
Esta página já teve 132.460.720 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.704 acessos diários
home | entre em contato
 

Meio Ambiente/Ecologia

Poluição do ar e baixo peso ao nascer no Município do Rio de Janeiro, Brasil, 2002.

15/01/2008

Cadernos de Saúde Pública

 

Resumo

JUNGER, Washington Leite e PONCE DE LEON, Antonio. Cad. Saúde Pública, 2007, vol.23 supl.4, p.S588-S598. ISSN 0102-311X.

O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito da poluição do ar sobre o peso ao nascer de recém-nascidos a termo e de gestação única no Município do Rio de Janeiro, Brasil. O desenho deste estudo foi o de corte transversal tendo como base o ano de 2002. Os dados sobre os nascimentos foram obtidos do Sistema de Informações de Nascidos Vivos (SINASC) do Ministério da Saúde. Baixo peso foi definido como menos de 2.500g. A exposição das mães foi estimada como a média do poluente para cada trimestre de gestação. Razões de odds (RO) ajustadas foram estimadas para cada fator de risco em potencial. Para PM10, CO e NO2 foram encontrados aumentos não significativos. Para SO2, a RO do quarto intervalo interquartil de exposição no terceiro trimestre de gestação foi 1,149 (IC95%: 1,016;1,301). Para o O3, a RO estimada foi 0,830 (IC95%: 0,750;0,987). Quando a variável de exposição foi introduzida no modelo como uma medida contínua, as RO para PM10, CO e SO2 no terceiro trimestre foram não significativas e iguais a 1,089, 2,223 e 1,259, respectivamente.

Palavras-chave : Poluição do Ar; Recém-Nascido de Baixo Peso; Exposição Materna.

        · resumo em inglês     · texto em português     · pdf em português

 

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-311X2007001600019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos