Diabete/Diabetes -
Esta página já teve 133.084.334 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Diabete/Diabetes

Crenças de pacientes diabéticos acerca da terapia nutricional e sua influência na adesão ao tratamento

14/02/2008
Beliefs of diabetic people about nutricional therapy and its influence on the compliance

Flavia Melo Pontieri - Flavia Melo Pontieri - Faculdade Latino Americana
Flavia Melo Pontieri – Nutricionista, Professora Adjunta e Coordenadora do Curso de Nutrição da Faculdade Latino Americana, Mestre em Ciências da Saúde.

Maria Márcia Bachion – Enfermeira, Professora Titular da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás – UFG.

0076/2007 -

Resumo
O sistema de crenças em saúde influencia o processo de adesão ao tratamento de diabetes. A adesão à terapia nutricional é um dos maiores desafios. O objetivo desse estudo de abordagem qualitativa foi analisar as crenças de pacientes diabéticos tipo 2 a respeito da terapia nutricional e sua influência na adesão. Participaram do estudo 9 pacientes em tratamento em um centro de referência para atendimento à diabéticos. Os procedimentos envolvidos foram coleta de sangue para dosagem de hemoglobina glicada, aplicação de questionário, entrevista semi-estruturada gravada e consulta ao prontuário. A análise das falas foi feita a partir do modelo de categorias temáticas de Bardin (2000), e segundo os modelos de crenças de Rosenstock (1974) e Rokeach (1981). Todos os participantes apresentaram níveis de hemoglobina glicada acima de 7%, denotando dificuldade para o controle glicêmico e possível falta de adesão. Pela análise das falas foram identificadas duas categorias temáticas: “Recomendações recebidas sobre alimentação” e “Adesão à terapia nutricional”. Elas revelam crenças de autoridade e de consenso zero, e de barreiras à terapia nutricional, percebida como imposição restritiva. São crenças que influenciam negativamente a adesão, assim, precisam ser consideradas no atendimento à população.
Palavras-chave: Diabetes; Aceitação do paciente de cuidados de saúde; Terapia nutricional.

Abstract
The health beliefs system has influence above the diabetes treatment. The compliance to the nutrition therapy is one of the biggest challenges needed. The purpose of this qualitative approach study was to analyze the beliefs of type 2 diabetic people about nutrition therapy and its influence on the compliance to that. The participants of the study were nine patients of a qualified basic health unit. The proceeding involved blood exam to check the glicada hemoglobin, fulfillment of a form, taped interview (semi-structured) and consult to the patient dossier. The analysis of the speeches was made using the thematic categories of Bardin (2000), and the models of Rokeach (1981) and Rosenstock (1974). All participants showed glicemic results behind 7%, what shows that is difficult to them to control their glicemic levels, possible because of the absence of compliance. After the analysis of the speeches, two thematic categories were identified: “Received recommendation about feeding” and Nutritional therapy compliance”. Both categories showed authority beliefs and consensus zero, and barriers to the nutritional therapy, witch the participants see as a restrictive imposition. Those beliefs have negative influence above the compliance, and so, they have to be considered on the population health attention.
Key words: Diabetics; Patient acceptance of health care; Nutrition Therapy.

Fonte:

 

http://www.abrasco.org.br/cienciaesaudecoletiva/artigos/artigo_int.php?id_artigo=514

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos