Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O. -
Esta página já teve 132.574.375 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.697 acessos diários
home | entre em contato
 

Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O.

Osteoporose e Densitometria Óssea

02/03/2008





O que é Densitometria Óssea? É um exame simples e rápido, que detecta o seu grau de osteoporose. Este exame é feito através de um aparelho capaz de determinar a massa óssea de alguns ossos do seu corpo, verificando assim a quantidade de perda óssea e o risco de fractura.


O exame é fácil, indolor, não requer nenhuma preparação especial e nem estar em jejum. Pode ser feito com qualquer roupa, evitando-se apenas botões, fechos e fivelas de metal.

No dia da realização do exame se estiver a fazer uso de medicamento que contenha cálcio, é recomendável não tomá-lo.



O que o exame pode mostrar:

- Detectar baixa densidade óssea antes de ocorrer fractura.

- Confirmar um diagnóstico de osteoporose numa pessoa que já teve uma fractura.

- Determinar a taxa de perda óssea quando o teste é feito anualmente.

- Controlar os efeitos do tratamento em controlos anuais.



O que é Osteoporose?

A osteoporose é uma doença causadora do enfraquecimento dos ossos, que pode levar a fracturas espontâneas ou com pequenos esforços.

Normalmente, a parte interna do osso parece uma esponja. Com a osteoporose é como se os buracos na esponja começassem a ficar maiores e mais numerosos. Os ossos ficam com a sua resistência diminuída e muito mais sensíveis a fracturas.

A osteoporose progride sem sintomas ou dor até que ocorra fractura, geralmente na bacia, coluna ou punho.

Apesar da osteoporose afectar mais da metade da população feminina acima de 65 anos, o homem também é atingido.

Quando certos factores de risco estão presentes, a probabilidade de apresentar osteoporose aumenta.

Por isso, é importante determinar o risco de apresentar a doença e tomar as medidas preventivas.

As causas da osteoporose estão mais relacionadas com a menopausa e a idade avançada.

As consequências da osteoporose incluem: dor, deformidades na coluna, diminuição da altura, invalidez e perda da independência, no caso de algumas fracturas.



» Prevenção

A osteoporose pode ser evitada se a perda óssea for detectada cedo, através da densitometria óssea.

Como ajuda à prevenção, deve evitar os seguintes factores de risco:

- Deficiência de cálcio 

- Falta de actividade física

- Bebidas alcoólicas

- Tabaco

- Determinados medicamentos

Se já tem osteoporose, pode viver activa e confortavelmente procurando os cuidados médicos correctos e fazendo algumas adaptações ao seu estilo de vida.

O seu médico pode recomendar uma dieta rica em cálcio, um programa regular de exercícios de resistência a peso e tratamento médico.



» Recomendações

Há muitas coisas que pode fazer para ajudar a evitar a osteoporose:

- Dieta rica em cálcio (leite e derivados, verduras verdes).

- Evite carne vermelha, refrigerantes e sal.

- Evite o consumo de álcool, café e cigarro.

- Não importa a sua idade, nunca é tarde para começar um programa de exercícios.

- Faça exercícios como andar, correr e fisioterapia orientada com pesos.

- Evite exercícios que causem dor.


Fonte: GAER - Gabinete de Ecografia e Radiologia
http://www.medicosdeportugal.iol.pt/action/2/cnt_id/953/

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos