Geriatria/Gerontologia/Idoso -
Esta página já teve 133.160.084 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Geriatria/Gerontologia/Idoso

Queixas e preocupações otológicas e as dificuldades de comunicação de indivíduos idosos

25/05/2008

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

 

Abstract

CALAIS, Lucila Leal, BORGES, Alda Christina Lopes de Carvalho, BARALDI, Giovana dos Santos et al. Queixas e preocupações otológicas e as dificuldades de comunicação de indivíduos idosos. Rev. soc. bras. fonoaudiol., Jan./Mar. 2008, vol.13, no.1, p.12-19. ISSN 1516-8034.

OBJETIVO: Investigar as queixas e as preocupações otológicas de indivíduos idosos, bem como as dificuldades de comunicação enfrentadas por esta população. MÉTODOS: Foram avaliados 50 idosos (61 a 90 anos de idade), sendo 8 homens e 42 mulheres, que apresentavam configuração audiométrica descendente simétrica. Os pacientes foram submetidos a uma entrevista e testes auditivos. Neste artigo, foram apresentados e discutidos os dados da entrevista e a correlação das queixas otológicas com os graus de perda auditiva. RESULTADOS: A queixa de perda auditiva esteve presente em 70% da amostra e revelou associação com a preocupação quanto à própria perda, com o queixa de dificuldade de comunicação e com a quantidade de situações nas quais a dificuldade é percebida, sendo a presença do ruído de fundo o aspecto mais citado. A queixa de zumbido (52%) apresentou associação com a preocupação envolvendo o próprio zumbido, enquanto que a tontura (38%), além de semelhante correlação, revelou associação com a dificuldade de comunicação. Ocorreu uma associação estatisticamente significante do grau da perda nas freqüências baixas e médias com a queixa de perda auditiva e de zumbido, enquanto que nas freqüências altas, além destas correlações, também ocorreu associação estatisticamente significante da perda auditiva com a queixa de dificuldade de comunicação. CONCLUSÕES: Dentre as queixas otológicas, a queixa de perda auditiva foi predominante entre os idosos. A idade e o gênero não influenciaram as queixas e as preocupações otológicas. O grau de perda auditiva influenciou as queixas otológicas de perda auditiva, de zumbido e a dificuldade de comunicação.

Keywords : Presbiacusia; Percepção auditiva; Testes de discriminação da fala; Idoso; Envelhecimento.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese

 
               Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1516-80342008000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

 

 




IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos