-
Esta página já teve 134.690.726 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Câncer/Oncologia/Tumor

Fatores prognósticos para o desenvolvimento de metástases nos sarcomas de tecidos moles

02/08/2008

Revista Brasileira de Ortopedia

 

Rev. bras. ortop. vol.43 no.5 São Paulo May 2008

doi: 10.1590/S0102-36162008000400003 

ARTIGO ORIGINAL

 

Fatores prognósticos para o desenvolvimento de metástases nos sarcomas de tecidos moles*

 

Prognosis factors in the development of metastases in soft tissue sarcomas

 

 

Luiz Eduardo Moreira TeixeiraI; Ivana Duval AraújoII; Marco Antônio Percope de AndradeIII; Paulo Guilherme de Oliveira SallesIV; Ricardo Horta MirandaV; Daniel Ferreira GhediniVI; Gustavo Albergaria de MagalhãesVI

IMestre, Coordenador do Serviço de Oncologia Ortopédica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Belo Horizonte (MG), Brasil
IIDoutor, Professor Associado do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Belo Horizonte (MG), Brasil
IIIDoutor, Professor Adjunto do Departamento do Aparelho Locomotor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Belo Horizonte (MG), Brasil
IVMestre, Patologista do Laboratório Dairton Miranda - Belo Horizonte (MG), Brasil
VCoordenador do Serviço de Oncologia Ortopédica da Santa Casa de Belo Horizonte (MG), Brasil
VIResidente do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Belo Horizonte (MG), Brasil

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

OBJETIVO: Determinar os fatores prognósticos relacionados com o desenvolvimento de metástases a distância nos pacientes com diagnóstico de sarcoma de tecidos moles (STM) em extremidades.
MÉTODOS:
Foram avaliados 30 pacientes tratados por ressecção cirúrgica de STM, com seguimento médio de 36,5 ± 12,2 meses, utilizando como fatores prognósticos: idade, sexo, localização, profundidade, localização em compartimentos anatômicos, tamanho, manipulação prévia ao tratamento definitivo, margens cirúrgicas, grau de malignidade histológica, presença de necrose e invasão vascular à histologia. Esses fatores foram correlacionados com o desenvolvimento de metástases por análise univariada e multivariada, sendo considerados significativos valores de p < 0,05.
RESULTADOS: Na análise univariada houve correlação do desenvolvimento de metástases com a localização extracompartimental (p = 0,002), com o tamanho > 10cm (p = 0,007), com o alto grau de malignidade (p = 0,007), com a presença de necrose (p = 0,002) e com a presença de invasão vascular (p = 0,034). A idade (p = 1,000), o sexo (0,709), a localização em segmentos corporais (p = 0,298), a profundidade (p = 0,288), a margem cirúrgica (p = 0,419) e a manipulação prévia do tumor (p = 1,000) não apresentaram correlação com a ocorrência de metástases a distância. Na análise multivariada apenas a localização extracompartimental (p = 0,008), o tamanho (p = 0,018) e a presença de invasão vascular (p = 0,043) foram significativos.
CONCLUSÃO: O desenvolvimento de metástases a distância nos pacientes com sarcoma de tecidos moles depende da localização extracompartimental, do tamanho (> 10cm), do alto grau de malignidade histológica, da presença de necrose e da invasão vascular à histologia.

Descritores: Neoplasias de tecidos moles, Prognóstico; Metástase neoplásica


ABSTRACT

OBJECTIVE: To determine the prognostic factors related to the development of remote metastases in patients with the diagnosis of soft tissue sarcoma (STS) in the extremities.
METHODS: 30 patients treated with surgical resection of STS with a mean follow-up of 36.5 ± 12.2 months were evaluated using the following prognosis factors: age, gender, location, depth, location in anatomic compartments, size, handling before final treatment, surgical borders, degree of histological malignancy, presence of necrosis, and histologically-verified vascular invasion. Such factors were correlated to the development of metastases by univariate analysis, values of p < 0.05 being considered significant.
RESULTS: The univariate analysis showed a correlation of the development of metastases and the extra-compartmental location (p = 0.002), size > 10 cm (p = 0.007), the high degree of malignancy (p = 0.007), the presence of necrosis (p = 0.002) and the presence of vascular invasion (p = 0.034). Age (p = 1.000), gender (0.709), location in body segments (p = 0.298), depth (p = 0,288), surgical border (p = 0.419), and prior handling of the tumor (p = 1.000) did not show a correlation with the occurrence of remote metastases. In the multivariate analysis, only the extra-compartmental location (p = 0.008), size (p = 0.018), and
the presence of vascular invasion (p = 0.043) were significant.
CONCLUSION: The development of remote metastases in patients with soft tissue sarcoma depends on the extra-compartmental location, on the size (> 10 cm), on the high degree of malignancy seen in histology, on the presence of necrosis, and on vascular invasion seen in histology.

Keywords: Soft tissue neoplasms; Prognosis; Neoplasm metastasis

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-36162008000400003&lng=en&nrm=iso

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos