-
Esta página já teve 133.098.911 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.666 acessos diários
home | entre em contato
 

Pediatria/Criança

Concentração de hemoglobina em crianças do nascimento até um ano de vida

22/08/2008

Cadernos de Saúde Pública

 

Cad. Saúde Pública vol.20 no.1 Rio de Janeiro Jan./Feb. 2004

doi: 10.1590/S0102-311X2004000100044 

ARTIGO ARTICLE

 

Concentração de hemoglobina em crianças do nascimento até um ano de vida

 

Hemoglobin concentration in children from birth to one year of age

 

 

Sophia Cornbluth SzarfarcI; Sonia Buongermino de SouzaI; Rosemeire Aparecida Victória FurumotoII; Gisela Soares BrunkenIII; Ana Marlúcia Oliveira AssisIV; Edileuza Nunes GaudenziIV; Rita de Cássia Ribeiro SilvaIV; José Maria Pacheco de SouzaV

IDepartamento de Nutrição, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
IIDepartamento de Nutrição, Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade Nacional de Brasília, Brasília, Brasil
IIIInstituto de Saúde Coletiva, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, Brasil
IVEscola de Nutrição, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil
VDepartamento de Epidemiologia, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de descrever a evolução da concentração de hemoglobina [Hb], considerando os fatores: peso ao nascer; velocidade relativa de crescimento e alimentação. É um estudo transversal realizado com crianças no primeiro ano de vida, atendidas para acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento em serviços públicos de saúde, em cidades localizadas nas cinco regiões geográficas brasileiras. Verificou-se que 51,7% das crianças entre 6 e 12 meses de idade eram anêmicas. A estimativa da Hb, por meio de uma equação teórica, sugeriu que o ferro endógeno permite manter os níveis normais de Hb no primeiro trimestre de vida. A prevalência de baixa Hb foi maior entre as crianças com baixo peso ao nascer. A velocidade relativa de crescimento, avaliada pela diferença do peso atual e peso ao nascer, em unidades de Z escore, não foi fator de relevância para a Hb. A importância do aleitamento materno foi evidente nos primeiros meses de vida. Verificou-se, entretanto, que os alimentos complementares não influenciaram a Hb. A elevada prevalência de níveis baixos de hemoglobina indica a necessidade de enfatizar programas de intervenção para o controle da anemia ferropriva.

Anemia; Hemoglobina; Alimentação


ABSTRACT

This study aimed to describe the evolution of hemoglobin concentration considering the following factors: birth weight, growth rate, and food intake. The cross-sectional study focused on infants (< 1 year of age) whose growth and development were monitored by public health services in cities located in the five geographic regions of Brazil. Some 51.7% of the children aged 6 to 12 months presented anemia. Estimation of [Hb] concentration by a theoretical equation suggested that endogenous iron is able to maintain normal Hb levels in the first three months of life. Prevalence of reduced Hb was higher in low birth weight infants. Growth rate, verified by the difference between present weight and birth weight in Z scores, was not the relevant factor for hemoglobin concentration. The relevance of breastfeeding was evident in the initial months of life. However, complementary foods did not influence infant Hb concentration. The high prevalence of low Hb levels calls attention to the need for programs to control anemia.

Anemia; Hemoglobins; Feed

 

 

http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2004000100044

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos