- Bulimia e anorexia: patologias da falta e do excesso
Esta página já teve 133.052.542 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.667 acessos diários
home | entre em contato
 

Obesidade:Adulto/Infantil/Bariátrica

Bulimia e anorexia: patologias da falta e do excesso

28/08/2008
Mental
Print ISSN 1679-4427

 


Mental vol.3 no.5 Barbacena Nov. 2005

 

ARTIGOS

 

Bulimia e anorexia: patologias da falta e do excesso

 

Bulimia and anorexy: lack and excess's mental illness

 

Inez LemosI*; Regina M. B. Cunningham (Tradução)

I Utramig

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Neste artigo são debatidas as chamadas patologias narcísicas (patologias da falta e do excesso), com foco na maternagem. Qual a relação entre anorexia e bulimia e o declínio da função materna no mundo atual? No trabalho, faz-se uma articulação entre a problemática narcísica e a psicogênese da feminilidade, apontando para uma falha na fantasmatização, que opera um gozo mortífero e remete às primeiras experiências de satisfação como a amamentação, o objeto a.

Palavras-chave: Bulimia, Anorexia, Objeto a, Problemática narcísica, Sexualidade feminina.


ABSTRACT

This article debates the mental illness related to the narcissim process (ilness of the lack and the excess), focusing at the mother function. What is the relation between anorexy and bulimia and the decline of the mother function in the current world? The work makes a joint between the narcissistic problems and the female's pshycogenesis, pointing an imperfection in the subject fears's process, that operates a deadly joy, taking to the first experiences of satisfaction as the breast-feeding, the object a.

Keywords: Bulimia, Anorexy, Object a, Narcissistic problems, Feminine sexuality.

 

 

http://pepsic.bvs-psi.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-44272005000200007&lng=en&nrm=is

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos