Antienvelhecimento/Longevidade -
Esta página já teve 132.439.104 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.709 acessos diários
home | entre em contato
 

Antienvelhecimento/Longevidade

As diferenças de gênero na velhice

23/09/2008

Revista Brasileira de Enfermagem

 

Rev. bras. enferm. vol.60 no.4 Brasília July/Aug. 2007

doi: 10.1590/S0034-71672007000400012 

PESQUISA

 

As diferenças de gênero na velhice

 

Gender differences in the oldness

 

Las diferencias de género en la vejez

 

 

Maria do Livramento Fortes FigueiredoI; Maria Antonieta Rubio TyrrelII; Cecília Maria R. Gonçalves de CarvalhoIII; Maria Helena Barros Araújo LuzIV; Fernanda Claúdia Miranda AmorimV; Nay Leite de Araújo LoiolaVI

IDoutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem da UFPI, Teresina, PI.Endereço para Contato:Rua Rio Grande do Sul, 130 Ed. Salvador Dali
– Apto 402. CEP: 64.001-550. Teresina, PI. liff@ufpi.br
IIDoutora em Enfermagem. Professora Titular e Diretora Geral da Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN/UFRJ) Rio de Janeiro, RJ. direção@eean.ufrj.br
IIIDoutora em Ciências da Nutrição. Professora Associada do Departamento de Nutrição da UFPI, Teresina, PI. nupeuti@ufpi.br
IVDoutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem da UFPI, Teresina, PI. mhelenal@yahoo.com.br
VEnfermeira Especialista Processo de Cuidar em Enfermagem. Mestranda em Enfermagem do Programa de Mestrado em Enfermagem da UFPI, Teresina, PI. famorim@novafapi.com.br
VIEspecialista Administração Hospitalar, Psicopedagogia e Saúde da Família. Mestranda em Enfermagem do Programa de Mestrado em Enfermagem da UFPI. Teresina, PI. batirafa@uol.com.br

 

 


RESUMO

Estudo de natureza qualitativa que teve como objeto investigar as questões de gênero presentes e determinantes da saúde e da qualidade de vida das pessoas que envelhecem. Os sujeitos foram 20(vinte) idosos do Programa Terceira Idade em Ação PTIA. A entrevista semi-estruturada foi utilizada como técnica de coleta de dados. Das falas emergiram informações que responderam as inquietações da investigação e possibilitaram a formulação de três categorias de analises. Na 1ª destacou-se a baixa auto-estima vivenciada pelos homens ao envelhecerem, já na 2ª evidenciou-se à autonomia e a liberdade conquistada pelas mulheres idosas, e na 3ª o aprendizado ocorrido entre as mulheres idosas que se inseriram no PTIA. Concluindo-se que existe influência das questões de gênero na saúde e qualidade de vida na velhice.

Descritores: Masculino; Feminino; Gênero; Velhice.


ABSTRACT

Qualitative study that aimed at investigatiing present and decisive gender subjects of health and elder people's life quality. The subjects were 20 (twenty) seniors of the Programa Terceira Idade em Ação PTIA. The semi-structured interview was used as data collection technique. From the speeches, information that answered the investigation inquietudes emerged and they made possible the formulation of three analysis categories. In the first, it stood out the low self-esteem lived by the men when they age, otherwise in the second one it was evidenced the autonomy and the freedom conquered by the senior women, and in the third category the learning happened among the old ladies who participated of PTIA. Concluding that there is influence of the gender subjects in health and life quality in aging.

Descriptors: Male; Female; Gender; Aging.


RESUMEN

Estudio de naturaleza cualitativa que tuvo como objetivo investigar las cuestiones de género presentes y determinantes de la salud y de la calidad de vida de las personas ancianas. Los sujetos fueron 20 (veinte) ancianos del programa Terceira Idade em Ação - PTIA. La entrevista semiestructurada fue utilizada como técnica de recolección de datos. De las declaraciones emergieran informaciones que respondieran las inquietudes de la investigación y hicieron posible la formulación de tres categorías de análisis. En la primera se destacó la baja autoestima vivida por los hombres cuando son ancianos, ya en la segunda se demostró la autonomía y la libertad conquistada por las mujeres mayores, y en la tercera el aprendizaje ocurrido entre las mujeres ancianas que se insirieron en PTIA. Concluyéndose que hay influencia de las cuestiones de género en la salud y calidad de vida en la mayoridad.

Descriptores: Masculino; Femenino; Género; Mayoridad.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672007000400012&script=sci_arttext&tlng=pt

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos