-
Esta página já teve 134.570.350 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.669 acessos diários
home | entre em contato
 

Fertilização in vitro/Infertilidade/Reprodução

Melhorias nas técnicas de reprodução assistida

09/10/2008

 

 

A década passada demonstrou marcantes avanços nas tecnologias em reprodução assistida (TRA) que traduz em melhora na chance dos casais em realizar o sonho de compor uma família. Esses avanços incluem novos desenvolvimentos dos meios de cultura (líquido que permanecem os embriões) associado com modernas técnicas de transferência embrionária, mais gentis e outras tecnologias que estão nos preparando para o futuro.
A ênfase no tratamento com TRA no futuro próximo é melhorar a taxa de gravidez enquanto se reduz o número de gestação múltipla (trigêmeos, quadrigêmeos). A gestação múltipla aumenta muito o custo de cuidados médicos e pode criar sérios problemas familiares e financeiros. Idealmente, um embrião poderia ser colocado no útero e produzir uma gravidez única. Atualmente, são necessários geralmente dois ou três embriões para se conseguir uma implantação bem sucedida.
O motivo para a transferência de múltiplos embriões na fertilização in vitro é que somente um a cada três embriões possui o potencial de produzir uma gravidez, sendo as alterações cromossômicas (material genético) uma das razões dessa incapacidade do embrião em se implantar no útero. O diagnóstico genético embrionário poderia garantir a colocação dos embriões de alta qualidade. A forma para avaliação cromossômica embrionária completa em breve estará disponível. A quantidade de DNA e o tempo necessário para realizar esta análise tem tornado difícil realizar na “janela de transferência embrionária” com embriões a fresco (não congelados). Os embriões têm que ser transferidos antes que o resultado da análise seja conhecido. Novas técnicas tornarão os resultados deste teste disponível com rapidez, nos permitindo colocar um ou dois embriões “sabidamente normais” no útero.
Também importante é que existem evidências de que o tipo de meio de cultura para os embriões, condições de cultura e outros fatores não identificados possam afetar a qualidade embrionária. Esta técnica nos permitirá realizar um ajuste fino em nosso protocolo de cultura embrionária.
Além disso, na próxima década iremos aprimorar as condições necessárias para amadurecermos in vitro, os óvulos imaturos aspirados de pequenos folículos e possibilitar o seu desenvolvimento sem uso de medicamentos para estimulação ovariana. Desta forma reduzindo dramaticamente o custo dos tratamentos de TRA. Também aprenderemos como obter e fertilizar óvulos de tecido ovariano que tenha sido congelado. Esta técnica significa que mulheres que serão expostas a tratamentos com risco de causar uma falência ovariana, como radioterapia e quimioterapia, poderiam resguardar o ovário através de criopreservação prévia a estes tratamentos, possibilitando o uso futuro de óvulos.
Mulheres jovens poderão congelar os seus óvulos com 20-30 anos de idade conservando-os até que ela esteja preparada para conceber. Esses óvulos criopreservados mantêm seu potencial de gravidez, desta forma mulheres em torno de 40 anos, usando estes óvulos criopreservados não experimentarão declínio de sua fertilidade, usualmente associado com a idade. Este processo promoverá mudanças marcantes na forma como as mulheres manejarão sua fertilidade no futuro.
Várias terapias promissoras estão em estágio de desenvolvimento. Essas terapias irão orientar e resolver algumas preocupações importantes na TRA, incluindo a prevenção do declínio da fertilidade feminina vista com o envelhecimento.

 

Fonte:


Alessandro Schuffner 
Research Fellowship no Jones Institute for Reproductive Medicine, Norfolk, EUA.

Integrante da Comissão de Endocrinologia Reprodutiva da Soc. Brasileira de Reprodução Humana-  SBRH    
Integrante do Comitê de Reprodução Humana da Soc. Ginecologia e Obstetrícia do Paraná -
SOGIPA
   

Conceber - Centro de Medicina Reprodutiva 

www.clinicaconceber.com.br
Av. República Argentina, 210/17º andar
Curitiba - PR
41 3039-5556

 

 

 

 


   

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos