- Fatores desencadeantes da enxaqueca, um estudo em 200 pacientes
Esta página já teve 132.451.344 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Fatores desencadeantes da enxaqueca, um estudo em 200 pacientes

23/10/2008

Um estudo em 200 pacientes sofredores de uma das mais temidas dores de cabeça, a enxaqueca revela os fatores desencadeantes mais comuns.

 

O estudo foi publicado na revista Arquivos de Neuropsiquiatria, v.66 n.3a, 2008, que pode ser acessado através do site www.cefaleias.com.br.

 

A equipe de estudo do Dr. Mario Peres, Neurologista do Hospital Albert Einstein, mostrou que as sobrecargas foram os aspectos mais importantes, 83,5% apresentaram algum fator alimentar, sendo o jejum mais freqüente, seguido de álcool e chocolate. Dos fatores hormonais, o período pré-menstrual foi o mais freqüente. Atividade física causou enxaquecas em 13%, atividade sexual em 2,5%, estresse em 64% e 81% relataram o sono como fator desencadeante. Em relação aos fatores ambientais, odores foram desencadeantes em 36,5%. Os autores concluem que os fatores desencadeantes são freqüentes em enxaqueca e a sua detecção deve ser pormenorizada para que se reduza a freqüência de crises e melhore a qualidade de vida dos pacientes.

 

links do artigo

http://www.cefaleias.com.br/index.php?area=h9#

http://www.cefaleias.com.br/dls/2008fatoresdesencadeantes.pdf

 

Dr. Mário Peres colabora com o site: www.drashirleydecampos.com.br

 

 

www.cefaleias.com.br

 

Dr Mario Peres

Médico Neurologista

 

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos