-
Esta página já teve 134.598.209 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.670 acessos diários
home | entre em contato
 

Gravidez/Parto/Obstetrícia

Importância do pré-natal na prevenção da Sífilis Congênita

22/01/2009
Revista Paraense de Medicina
ISSN 0101-5907 versão impressa

 


Rev. Para. Med. v.20 n.1 Belém mar. 2006

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Importância do pré-natal na prevenção da Sífilis Congênita1

 

The importance of prenatal care in the prevention of Congenital Syphilis

 

 

Eliete da Cunha AraujoI; Kelly de Souza Gama CostaII; Rafaela de Souza e SilvaII; Valéria Nascimento da Gama AzevedoIII; Fábio André Souto LimaIII

IProfessora da Disciplina de Pediatria da Universidade Federal do Pará
IIAlunas do Curso de Medicina da Universidade Federal do Pará
IIIProfessores das Disciplinas de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal do Pará

Endereço para correspodência

 

 


RESUMO

OBJETIVO: analisar a relação entre a assistência pré-natal e a ocorrência de casos de sífilis congênita.
MÉTODO: através da seleção de puérperas com VDRL positivo e/ou epidemiologia sugestiva de sífilis e RN com VDRL positivo e/ou sintomatologia sugestiva de sífilis congênita, realizou-se uma análise epidemiológica por meio de um questionário detalhado com a mãe com a finalidade de se obter dados sobre o pré-natal: se fez ou não prénatal, se fez, a quantas consultas compareceu, verificou-se se foi pesquisada sífilis no pré-natal, se o VDRL foi repetido e quantas vezes.
RESULTADOS: foram estudados 46 casos de recém-nascidos (RN) com diagnóstico confirmado de sífilis congênita com VDRL positivo e confirmado com FTA-Abs. Das 46 mães com diagnóstico de sífilis, 36 (78,3%) tiveram acesso à assistência pré-natal; sendo que 27 (58,7%) com 5 consultas ou mais e 9 (19,6%) com menos de 5 consultas; 10 (21,7%) não realizaram pré-natal. Das 36 mães que realizaram pré-natal, somente 20 (55,6%) realizaram o VDRL, e destas, 15 realizaram o teste apenas uma vez. Apenas em 5 mães o VDRL foi repetido mais de uma vez durante o pré-natal. E das 13 mães com VDRL positivo que tiveram acesso completo ao pré-natal, 5 receberam tratamento inadequado e uma não recebeu tratamento.
CONCLUSÃO: concluiu-se que é necessário melhorar a qualidade da assistência médica pré-natal em nosso meio visando a prevenção da sífilis congênita.

Descritores: pré-natal, sífilis congênita


SUMMARY

OBJECTIVE: study the relationship between antenatal care and the occurrency of congenital syphilis.
METHODS: the research was done at Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará by epidemiologic analisis of mothers that had newborns with congenital syphilis in the period of january to august of 1999.
RESULTS: maternal syphilis diagnosis coming from congenital syphilis was done in 46 cases. In 58.7% of mothers who had syphilis in the pregnancy realized complete antenatal care, and in 19.6% the prenatal was done but incomplete; only 21,7% of the mothers did not realized antenatal care. And only in 5 mothers the VDRL was repeated more than one time.
CONCLUSION: it is necessary to improve antenatal care to prevent congenital syphilis.

Key-words: antenatal care, congenital syphilis

 

 

http://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-59072006000100008&lng=pt&nrm=iso

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos