-
Esta página já teve 133.139.308 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.660 acessos diários
home | entre em contato
 

Obesidade:Adulto/Infantil/Bariátrica

Aspectos psiquiátricos da obesidade

10/02/2009

Revista Brasileira de Psiquiatria

 

Rev. Bras. Psiquiatr. vol.24  suppl.3 São Paulo Dec. 2002

doi: 10.1590/S1516-44462002000700014 

Aspectos psiquiátricos da obesidade

Psychiatric aspects of obesity

 

Ilyse J Dobrow, Claudia Kamenetz e Michael J Devlin

Departamento de Psiquiatria, Faculdade de Medicina e Cirurgia da Universidade de Columbia e Instituto Psiquiátrico do Estado de New York. New York, NY, EUA


 

 

RESUMO
Pesquisas recentes mostram que a obesidade é, em grande parte, o produto da vulnerabilidade genética mediada por um ambiente promotor da doença, o que sugere que os modelos biológicos podem ser mais úteis que os psicológicos para entender seu início e manutenção. No entanto, entre os pacientes que procuram tratamento, a obesidade tem sido associada a outros transtornos psiquiátricos, especialmente à depressão, o que sugere que a comorbidade psiquiátrica deve ser considerada na avaliação e no manejo clínicos. Além disso, embora a obesidade não seja em si mesma um transtorno alimentar, um subgrupo de indivíduos obesos, incluídos aqueles com o transtorno de compulsão alimentar periódica (TCAP) e com a síndrome do comer noturno – SCN (night eating syndrome – NES) sofrem de transtornos alimentares. Os psiquiatras podem e devem ter um papel ativo no tratamento da comorbidade ou de patologias relacionadas à alimentação e no auxílio aos pacientes obesos para que façam escolhas de estilos de vida saudáveis que levem a um maior bem-estar em termos físicos e psicológicos.

Descritores: Obesidade. Transtorno de compulsão alimentar periódica. Síndrome de alimentação noturna.

 

ABSTRACT
As the prevalence of obesity continues to rise, mental health professionals will be increasingly called upon to treat obese individuals. Therefore, clinicians should have an understanding of the diagnosis of obesity and its comorbid conditions. Recent research has shown that obesity is, in large part, the product of genetic vulnerability mediated by an obesity-promoting environment. This suggests that biological rather than psychological models may be most helpful in understanding its onset and maintenance. However, in treatment-seeking patients, obesity has been found to be associated with other psychiatric disorders, most notably depression, suggesting that psychiatric comorbidity should be considered in evaluation and clinical management. Further, while obesity itself is not an eating disorder, a subset of obese individuals, including those with binge eating disorder (BED) and the night eating syndrome (NES) suffer from disordered eating. Psychiatrists can and should take an active role in treating comorbid or eating-related pathology and in helping obese patients make healthy lifestyle choices which lead to improved physical and psychological well-being.

Keywords: Obesity. Binge eating disorder. Night eating syndrome.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462002000700014

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos