Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O. -
Esta página já teve 134.627.576 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.671 acessos diários
home | entre em contato
 

Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O.

Lombalgia com dor irradiada e sinais neurológicos é uma condição extremamente desafiadora para tratar

05/03/2009
 

Lombalgia com dor irradiada e sinais neurológicos é uma condição extremamente desafiadora para tratar. O tratamento, a princípio, é conservador e envolve repouso, medicamentos e fisioterapia. Se o tratamento conservador falhar, é improvável que ocorra resolução espontânea da crise e então a intervenção cirúrgica deve ser considerada. O objetivo do presente trabalho foi analisar a evolução de pacientes que se submeteram à cirurgia para correção de hérnia de disco e estenose foraminal no segmento lombar. Os pacientes foram avaliados por meio do questionário de Oswestry para lombar, da escala visual analógica de dor, dos reflexos patelar e aquileu e do flexímetro utilizado para mensuração da mobilidade da coluna. As avaliações foram realizadas um, dois, três, seis e doze meses após a cirurgia e as medianas dos índices de Oswestry foram de 44%, 24%, 14%, 16% e 10%, respectivamente. Os resultados nos mostram que as evoluções dos pacientes não podem ser consideradas satisfatórias, pois a evolução é lenta e os pacientes, ao final de um ano, apresentam disfunção e dor residual. Porém, é importante salientar que a intervenção cirúrgica é realizada principalmente para aliviar a incapacitante dor ciática, porém a deficiência mecânica decorrente da patologia discal permanece.

 
Resumo equivalente

Low back pain with irradiated symptoms and neurological signs is a condition extremely challenging to treat. At first, this kind of treatment is conservative when the patients must rest, take medicine and do physiotherapy sections. If this conservative treatment fails, it is unlikely the symptoms disappear by themselves, and then the surgical intervention will be considered. The aim of this study was to analyze the evolution of patients who were undergone a surgery due to disc herniation and foraminal stenosis correction in the low back segment. These patients were evaluated by the Oswestry disability index for low back, the analogical visual scale of pain, patellar and ankle reflexes and fleximeter used for mensuration of the of the spinal column mobility. The assessment were performed one, two, three, six and twelve months after the surgery and the Oswestry index values were 44%, 24%, 14%, 16% and 10% respectively. These results show that the patients evolution can not be considered good because it is slow and after a year they have still had disfunction and some residual pain. Although it is important to point out that surgical intervention is made to relieve the hard sciatical pain, but the mecanical disfunctions caused by the disc disease still goes on.

 

 

Fonte:

 

http://biblioteca.ricesu.com.br/resumo.php?art_cod=5309

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos