-
Esta página já teve 132.458.674 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

Endocrinologia/Glândulas

Hiperaldosteronismo primário causado por aldosteronoma: problemas no diagnóstico etiológico

27/03/2009

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia

 

Arq Bras Endocrinol Metab vol.51 no.3 São Paulo Apr. 2007

doi: 10.1590/S0004-27302007000300018 

CASO ESPECIAL

 

Hiperaldosteronismo primário causado por aldosteronoma: problemas no diagnóstico etiológico

 

Primary aldosteronism caused by aldosteronoma: problems in the etiologic diagnosis

 

 

Debora Lucia S. Danilovic; Daniel Soares Freire; Diane Belchior Paraíba; Rodrigo A. Brandão Neto; Antônio Marmo Lucon; Maria Adelaide A. Pereira

Serviço de Endocrinologia e Metabologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP), São Paulo, SP

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

O hiperaldosteronismo primário (HAP) representa importante causa de hipertensão arterial secundária, potencialmente curável, que tem recebido atenção recente em função do aumento de sua prevalência desde a introdução do rastreamento pelo uso da relação aldosterona/atividade plasmática de renina. Apresentamos caso de HAP causado por provável aldosteronoma, coexistente com adenoma adrenal não-funcionante contra-lateral, o que dificultou o diagnóstico etiológico. Discutimos as formas mais apropriadas de rastrear, confirmar o diagnóstico de HAP e diferenciar as suas diversas etiologias, com destaque para o papel do cateterismo de adrenais no diagnóstico diferencial definitivo entre aldosteronoma e hiperaldosteronismo idiopático, com implicações no sucesso terapêutico.

Descritores: Hiperaldosteronismo primário; Aldosteronoma; Hiperaldosteronismo idiopático; Hipocalemia; Hipertensão arterial


ABSTRACT

Primary aldosteronism (PA) represents an important cause of secondary hypertension, potentially curable, and it has been receiving particular attention due to its increasing prevalence, after the beginning of the use of plasma aldosterone concentration to plasma renin activity ratio as a screening method. We present a case of PA caused by an aldosteronoma associated with a contralateral nonfunctioning adrenal adenoma, which resulted in difficulties in the final diagnosis. We discuss the most appropriated tests to screen, confirm the diagnosis of PA and define the etiology of the disorder, especially the adrenal veins sampling to distinguish the aldosteronoma and idiopathic hyperaldosteronism and to guide successful treatment.

Keywords: Primary aldosteronism; Aldosteronoma; Idiopathic hyperaldosteronism; Hypokalemia; Arterial hypertension

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302007000300018&nrm=iso&tlng=pt

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos