Diabete/Diabetes - Comportamento alimentar em mulheres portadoras de diabetes tipo 2
Esta página já teve 135.258.616 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Diabete/Diabetes

Comportamento alimentar em mulheres portadoras de diabetes tipo 2

01/04/2009

Revista de Saúde Pública

 

Rev. Saúde Pública vol.40 no.2 São Paulo Apr. 2006

doi: 10.1590/S0034-89102006000200018 

ARTIGOS ORIGINAIS

 

Comportamento alimentar em mulheres portadoras de diabetes tipo 2

 

Eating behavior among type 2 diabetes women

 

 

Denise Siqueira PéresI; Laércio Joel FrancoI; Manoel Antônio dos SantosII

IDepartamento de Medicina Social. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
IIFaculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto. USP. Ribeirão Preto, SP, Brasil

Correspondência

 

 


RESUMO

OBJETIVO: Conhecer os pensamentos, sentimentos e comportamentos em relação à dieta de mulheres portadoras de diabetes tipo 2.
MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo exploratório, de natureza qualitativa. Foram entrevistadas oito mulheres portadoras de diabetes tipo 2 em uma Unidade Básica de Saúde do município de Ribeirão Preto, SP, em janeiro de 2003. Foi utilizada entrevista semi-estruturada para a coleta dos dados. O referencial teórico adotado foi a teoria das representações sociais. Os registros audiogravados e transcritos foram submetidos à análise temática de conteúdo.
RESULTADOS: Os resultados evidenciaram dificuldade no seguimento da dieta prescrita, em função dos diversos significados associados, tais como a perda do prazer de comer e beber, da autonomia e da liberdade para se alimentar. Assim, seguir a dieta adquire caráter extremamente aversivo e cerceador, tendo representação de que realizá-la traz prejuízos à saúde. A freqüente ausência de sintomas foi citada como um dos aspectos que dificultam o seguimento da dieta. Outra dificuldade foi tocar, olhar e manipular os alimentos durante o seu preparo e não poder ingeri-los. Os alimentos doces despontaram como algo extremamente desejado. Transgressão e desejo alimentar estão igualmente presentes na vida das pessoas entrevistadas. Seguir o padrão dietético recomendado elicia tristeza, e o ato de comer, muitas vezes, vem acompanhado de medo, culpa e revolta.
CONCLUSÕES: O comportamento alimentar da mulher portadora de diabetes tipo 2 é bastante complexo e precisa ser compreendido à luz dos aspectos psicológicos, biológicos, sociais, culturais, psicológicos e econômicos para maior eficácia das intervenções educativas.

Descritores: Diabetes Mellitus tipo II, psicologia. Conduta na alimentação. Dieta para diabéticos. Educação e saúde.


ABSTRACT

OBJECTIVE: To explore type 2 diabetes women's thoughts, feelings and behaviors concerning diet.
METHODS: A descriptive, exploratory qualitative study was carried out among eight type 2 diabetes women from a primary health care unit in Southeastern Brazil in January 2003. A semi-structured interview was applied for data collection. The theoretical reference was the theory of social representations. The interviews were recorded, transcribed and then their thematic content was analyzed.
RESULTS: The study results showed women's difficulty in following the prescribed diet due to several associated meanings, such as loss of eating and drinking pleasure and loss of eating autonomy and free choice. Following the diet elicits an extremely aversive and restrictive attitude, and complying with it is associated to damage to health. The frequent absence of symptoms was mentioned as one reason that prevents compliance to the diet. Other difficulties reported were touching, looking at, and handling food during their preparation but not being allowed to eat them. Sweet foods revealed to be extremely desired. Transgression and food desire are equally present in their life. Following the recommended diet brings sadness and the act of eating is frequently accompanied by fear, guilt and anger.
CONCLUSIONS: Type 2 diabetes women's eating behavior is very complex and needs to be understood from its psychological, biological, social, cultural and economic aspects for promoting more effective educational interventions.

Keywords: Diabetes Mellitus type II, psychology. Eating behavior. Diabetic diet. Health education

 

 

http://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0034-89102006000200018&script=sci_arttext

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos