-
Esta página já teve 133.091.245 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.665 acessos diários
home | entre em contato
 

Pediatria/Criança

Brinquedo terapêutico: estratégia de alívio da dor e tensão durante o curativo cirúrgico em crianças

11/06/2009

Acta Paulista de Enfermagem

 

Resumo

KICHE, Mariana Toni  e  ALMEIDA, Fabiane de Amorim. Brinquedo terapêutico: estratégia de alívio da dor e tensão durante o curativo cirúrgico em crianças. Acta paul. enferm. [online]. 2009, vol.22, n.2, pp. 125-130. ISSN 0103-2100.  doi: 10.1590/S0103-21002009000200002.

OBJETIVO: Comparar as reações manifestadas pela criança durante o curativo realizado antes e após o preparo emocional com o brinquedo terapêutico instrucional (BTI). MÉTODOS: A amostra constituiu-se de 34 crianças internadas para cirurgia em um hospital público pediátrico da cidade de São Paulo. Os comportamentos da criança e a avaliação da dor foram considerados durante o curativo em dois momentos: antes e após o brinquedo terapêutico. RESULTADOS: Comportamentos indicativos de maior adaptação e aceitação ao procedimento tornaram-se mais freqüentes após o brinquedo, ao contrario daqueles que indicavam menor adaptação e aceitação. Os escores de dor também diminuíram após o brinquedo terapêutico. CONCLUSÃO: O brinquedo terapêutico se evidenciou como estratégia efetiva na redução do medo, da tensão e da dor da criança durante o curativo.

Palavras-chave : Jogos e brinquedos; Criança hospitalizada; Medição da dor; Enfermagem pediátrica.

 
 
 
 
 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos