Diabete/Diabetes -
Esta página já teve 133.084.403 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Diabete/Diabetes

Cientistas descobrem células capazes de produzir insulina

07/08/2009

 

 

 

Cientistas descobriram um modo de converter em células beta - capazes de produzir insulina - outras células do pâncreas. A estratégia, testada em camundongos, alimenta a esperança de uma terapia eficaz para a diabete tipo 1, causada pela destruição das células beta. O segredo é a ativação de um único gene: o Pax4.

Como demonstra o estudo publicado nesta sexta-feira na revista científica "Cell", quando as células alfa do pâncreas expressam esse gene, transformam-se em células beta produtoras de insulina.

As células alfa e beta pertencem ao mecanismo de regulação do açúcar no sangue. As primeiras produzem glucagon, que inicia um processo bioquímico para aumentar o açúcar circulante. As últimas fabricam insulina e exercem o papel contrário: diminuem as taxas de açúcar no sangue.

Ao contrário da diabete tipo 2 - causada pela incapacidade de absorção da insulina -, a diabete tipo 1 ocorre por um colapso no sistema de produção do hormônio: por um erro das defesas imunológicas, as células beta são reconhecidas como uma ameaça e destruídas.

Em um trabalho publicado em 2007, os pesquisadores conseguiram transformar células beta em alfa com a manipulação de um único fator genético. Surgiu então a hipótese - e a esperança - de que outro fator realizaria o processo inverso.

Para comprovar que o Pax4era o gene procurado, os cientistas produziram camundongos transgênicos que expressavam o gene Pax4 nas células alfa. Notaram então que os animais sofriam uma deficiência de glucagon e consequentemente uma deficiência no nível de açúcar do sangue. As células alfa haviam se transformado em células beta.

O organismo dos roedores reconhecia o déficit e produzia mais células alfa. Mas também essas células transformavam-se em fábricas de insulina.

Roedores com diabete quimicamente induzida - causada pela injeção de substâncias que destroem as células beta - foram curados com a expressão da proteína Pax4. "É cedo para falar em uma terapia", afirma o pesquisador Patrick Collombat, do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica (Inserm, na sigla em francês). "Precisamos testar se os resultados podem ser aplicados a humanos." Os cientistas procuram agora um composto químico capaz de induzir a conversão das células.

 

Fonte:

 

http://comerciodojahu.uol.com.br/novo/index.php?area=dock-noticia&matid=627

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos