Oftalmologia/Olhos -
Esta página já teve 132.485.240 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.704 acessos diários
home | entre em contato
 

Oftalmologia/Olhos

Atrofia da íris em pacientes recém diagnosticados com hanseníase multibacilar; no diagnóstico, durante e após terapia com associação de drogas

19/08/2009

Ebenezer Daniel, PSS Sundar Rao, Timothy J Ffytche, Shirley Chacko, Hannah R Prasanth e Paul Courtright.

Objetivo: Descrever a prevalência e incidência de atrofia da íris em pacientes com hanseníase multibacilar (HMB).
Métodos e pacientes: Estudo prospectivo longitudinal de 301 pacientes com HMB recém diagnosticada, acompanhados durante dois anos de tratamento com associação de medicamentos (TAM) e por mais cinco anos através de exames oculares bianuais. A incidência de atrofia da íris foi calculada através da relação do número de pacientes com atrofia iriana por pessoa/ano, com continuação livre entre aqueles que não apresentaram atrofia na visita incial. Regressão múltipla de “Step wise” confirmou a presença de associações específicas de acordo com as características clínicas e demográficas associadas (p<0,05) à atrofia da íris por análise univariada.
Resultados: Atrofia da íris esteve presente em 6 pacientes (2%) .Durante TAM, com acompanhamento de 445 pessoas no ano (PA), 9 pacientes desenvolveram atrofia da íris (RP 0,02 95% IC 0,01, 0,04) associada à catarata (RP 15,13 95% IC 3,71-61,79 p<0,001) e opacidade de córnea (RP 6,83 95% IC 1,62-28,8 p=0,009). Após TAM, em 2005 PA, 60 pacientes desenvolveram atrofia da íris (RP 0,03 95% IC 0,023, 0,039) que foi associada à idade (por década) (RP 1,40 95% IC 1,10-1,78 p=0,006), manchas na pele (RP 3,50 95% IC 1,33-9,24 p=0,011), catarata (RP 3,66 95% IC 1,85-7,25 p<0,001), precipitados ceráticos (RP2,76 95% IC 1,02-7,47 p= 0,046) e opacidade de córnea (RP 3,95 95% IC 1,86-8,38 p<0,001).

Conclusões: Atrofia da íris continua a se desenvolver em 3 % dos pacientes com HMB a cada ano após completar 2 anos de TAM e está asociada à idade, cargas crescentes de micobactéria, inflamação sub-clínica, catarata e opacidade corneal.

 

Fonte:

 

http://bjo.bmj.com/content/suppl/2007/11/28/91.8.DC1#1

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos