gastronomia -
Esta página já teve 134.542.437 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.673 acessos diários
home | entre em contato
 

gastronomia

Casa Cor: espaço gastronômico na Pampulha

23/09/2009

Casa Cor montou sofisticado espaço gastronômico na Pampulha


Eduardo Tristão Girão - EM Cultura
aumentar fontediminuir fonteimprimir
Pedro Motta/Esp.EM/D.A Press
Camarão grelhado com purê de inhame trufado, um dos pratos servidos no restaurante da Casa Cor
O evento é de arquitetura e afins, mas a veia gastronômica tem se tornado mais forte a cada ano. Até 6 de outubro, quem for à Casa Cor, na Pampulha, terá oportunidade não apenas de ver belos ambientes, mas de escolher o que comer e beber com variedade e sofisticação dignas dos principais restaurantes da cidade. “A edição deste ano é a mais completa em termos de gastronomia”, afirma Ivo Faria, chef do restaurante italiano Vecchio Sogno. Ele participa da mostra mineira de arquitetura, decoração e paisagismo pela quinta vez.

Ivo é responsável por restaurante, bar, lounge e até pelo sushi bar do evento, que também conta com um café (administrado pela marca California Coffee). Parece pretensioso que o proprietário de um dos mais famosos restaurantes da capital se encarregue de tantas propostas? “Não é à toa que entro na cozinha japonesa do Murakami e na tailandesa do Marcos Sodré. Já trouxe esses chefs para cozinhar aqui. Se você não entende pelo menos um pouquinho de cada coisa, fica complicado, pois todo mundo anda misturando tudo”, responde ele.

Entre as sugestões do bar, que conta com dois ambientes (um deles lembra sala de estar), estão o filé ao molho gorgonzola acompanhado de cesta de pães (R$ 28) e o sanduíche de filé com fonduta de queijo e batatas fritas (R$ 18). No cardápio do espaço japonês, batizado de Japanische (lounge informal cujo ambiente remete à atmosfera de Tóquio), uma das pedidas é o combinado de sushi, sashimi e maki de polvo e salmão (R$ 41/16 peças).

Quer outras opções? Confira o Guia de Bares e Restaurantes do Divirta-se

NO FERIADO

Já no Restaurante Turquesa, que tem vista para a Lagoa da Pampulha, o cardápio segue a linha que Ivo adota no Vecchio Sogno. Os pratos mudam de sete em sete dias. Esta semana, o público poderá experimentar, por exemplo, a salada de folhas com presunto cru, queijo de cabra e vinagrete de pera com manga (R$ 28, individual) ou o camarão grelhado com purê de inhame trufado, molho dourado e confit de gengibre (R$ 79, individual).

Para o feriado de segunda-feira, Ivo Faria preparou cardápio baseado em frutos do mar. Ele também comandará aulas de cozinha nos dias 9, 16 e 23 deste mês, no espaço Cozinha do chef.

CASA COR 2009
Até 6 de outubro. Alameda das Palmeiras com Avenida Otacílio Negrão de Lima, São Luiz, região da Pampulha. Aberto de terça a sexta, das 16h às 22h; sábado, das 13h às 22h; domingo: das 13h às 19h. Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Informações: (31) 3286-4587 e www.casacorminas.com.br
O evento é de arquitetura e afins, mas a veia gastronômica tem se tornado mais forte a cada ano. Até 6 de outubro, quem for à Casa Cor, na Pampulha, terá oportunidade não apenas de ver belos ambientes, mas de escolher o que comer e beber com variedade e sofisticação dignas dos principais restaurantes da cidade. “A edição deste ano é a mais completa em termos de gastronomia”, afirma Ivo Faria, chef do restaurante italiano Vecchio Sogno. Ele participa da mostra mineira de arquitetura, decoração e paisagismo pela quinta vez.

Ivo é responsável por restaurante, bar, lounge e até pelo sushi bar do evento, que também conta com um café (administrado pela marca California Coffee). Parece pretensioso que o proprietário de um dos mais famosos restaurantes da capital se encarregue de tantas propostas? “Não é à toa que entro na cozinha japonesa do Murakami e na tailandesa do Marcos Sodré. Já trouxe esses chefs para cozinhar aqui. Se você não entende pelo menos um pouquinho de cada coisa, fica complicado, pois todo mundo anda misturando tudo”, responde ele.

Entre as sugestões do bar, que conta com dois ambientes (um deles lembra sala de estar), estão o filé ao molho gorgonzola acompanhado de cesta de pães (R$ 28) e o sanduíche de filé com fonduta de queijo e batatas fritas (R$ 18). No cardápio do espaço japonês, batizado de Japanische (lounge informal cujo ambiente remete à atmosfera de Tóquio), uma das pedidas é o combinado de sushi, sashimi e maki de polvo e salmão (R$ 41/16 peças).

Quer outras opções? Confira o Guia de Bares e Restaurantes do Divirta-se

NO FERIADO

Já no Restaurante Turquesa, que tem vista para a Lagoa da Pampulha, o cardápio segue a linha que Ivo adota no Vecchio Sogno. Os pratos mudam de sete em sete dias. Esta semana, o público poderá experimentar, por exemplo, a salada de folhas com presunto cru, queijo de cabra e vinagrete de pera com manga (R$ 28, individual) ou o camarão grelhado com purê de inhame trufado, molho dourado e confit de gengibre (R$ 79, individual).

Para o feriado de segunda-feira, Ivo Faria preparou cardápio baseado em frutos do mar. Ele também comandará aulas de cozinha nos dias 9, 16 e 23 deste mês, no espaço Cozinha do chef.

CASA COR 2009
Até 6 de outubro. Alameda das Palmeiras com Avenida Otacílio Negrão de Lima, São Luiz, região da Pampulha. Aberto de terça a sexta, das 16h às 22h; sábado, das 13h às 22h; domingo: das 13h às 19h. Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Informações: (31) 3286-4587 e www.casacorminas.com.br
 
 
 
Fonte:
 
 
 
 
 
 
 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos