- Igrejas geram trabalho
Esta página já teve 134.664.430 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.668 acessos diários
home | entre em contato
 

Notícias da Dra. Shirley

Igrejas geram trabalho

29/09/2009

Em certa oportunidade, durante um trabalho evangelístico na Praça da Sé, no centro de São Paulo, deparamo-nos com um jovem deitado e abandonado, que praticamente perdeu a família (o pai suicidou-se, a mãe desapareceu, e ele desviou-se dos caminhos do Senhor por conta de tudo isso), sem oportunidade de trabalho e renda. Ele nos contou que, tendo procurado o pastor da igreja que congregava, apenas ouviu que "o que podia ser feito pela família já estava sendo feito", que era orar. Só que isso 'apenas' não colocava comida nos pratos da família, não pagava suas contas e aluguel atrasados. Assim, desesperados pela falta de apoio da igreja da porta para fora com oportunidades concretas de recuperação da condição de cidadania através do trabalho, a família do jovem sucumbiu.

Quantas famílias você conhece nesta mesma situação? E em situação muito semelhante? Dentro da igreja choramos juntos ao ouvir um hino, testemunho ou mensagem de Deus. Porém, quando saímos da porta para fora, tudo é esquecido e o ditado popular é o que parece imperar: "Cada um por si e Deus para todos", não é mesmo?

Considerando estes fatos, como um chamado de Deus, levamos ao Pastor Presidente de nosso Ministério, que, com a direção de DEUS, nos autorizou um estudo que foi desenvolvido por sete meses (outubro/07 a abril/08), e cujos resultados passam pela explosão do número de pedidos de oração por porta de emprego e trabalho nos cultos, dificuldade de recolocação pela formação profissional e restrições impostas pelo mercado de trabalho tradicional, gastos elevados para procura de trabalho sem sucesso devido a poucas vagas para muitos candidatos e grande nível de exigência das empresas, num mundo cada vez mais globalizado e competitivo, onde os membros desconhecem como atuar na profissão do século XXI e, ainda, temos igrejas repletas de membros consumindo produtos e serviços a preços mais caros pela falta de unidade e um projeto que gerasse conjuntamente: trabalho, renda e qualificação, economia e recursos para ampliar o trabalho evangelístico e social, sem que os membros tenham que colocar, mais ainda, a mão no bolso, para que isso aconteça.

Como fruto desse estudo todo, percebemos também que os patrões ganham muito mais que os empregados, e vimos nisso, a oportunidade de permitir que qualquer membro ou convidado dele, pudesse ter seu próprio negócio de base domiciliar, com abrangência nacional, tendo a chance de, com investimento de desempregado, se tornar empresário, imediatamente.

Ouvimos, então, os membros sobre quais mercados eles gostariam de atuar como donos de seu negócio, se isso fosse possível com apoio do projeto e Ministérios, e identificamos os três mercados mais votados. A partir disso, partimos para escolher os parceiros para começar, considerando que no primeiro ano de projeto teríamos apenas o mercado mais votado disponível para aquisição de concessão, e que do segundo ano em diante, poderíamos ter os outros dois disponibilizados para LIVRE ESCOLHA de cada membro e/ou seu Ministério.

Consolidando, então, tudo que estudamos, o projeto foi criado com os seguintes objetivos centrais:

1 - Criar alternativa de trabalho/renda e qualificação com negócio próprio de baixíssimo investimento com ganhos mensais possíveis superiores a R$ 1.680,00 dedicando 4h por dia;

2 - Permitir economia nas despesas dos membros e seus indicados ao adquirirem produtos e serviços disponibilizados pelos parceiros através da geração otimizada de consumo igreja/mundo ao invés de mundo/igreja;

3 - Viabilizar recursos para reforma/construção de templo, compra de sonorização/infra-estrutura, festividades, congressos/convenções e/ou retiro;

4 - Ampliar recursos para o Ministério investir mais em evangelização, trabalho missionário e social.

Um ano após seu lançamento em maio/08, temos mais de 7.200 membros, e seus convidados sendo beneficiados e diversos Ministérios recebendo bônus/doação apenas adquirindo sua concessão, mantendo-se ativos e divulgando em todos encontros ecumênicos, convenções interdenominacionais ou encontros e contatos sociais que participem.

Benção para os membros,
Benção para as famílias,
Benção para os visitantes e convidados dos membros,
Benção para o Ministério,
Benção para o nome de JESUS, que esta sendo glorificado!


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos