Curiosidades da Dra Shirley - Saiba mais sobre Cooperativismo
Esta página já teve 133.168.604 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.656 acessos diários
home | entre em contato
 

Curiosidades da Dra Shirley

Saiba mais sobre Cooperativismo

13/10/2009

História do Cooperativismo

 

Um pouco da história:

O cooperativismo, ao contrário do que muitos pensam, não é um movimento novo. A primeira iniciativa de se construir uma cooperativa ocorreu em Rochdale, na Inglaterra, em 1844, em plena Revolução Industrial.

 

Faz tempo, não é?

As primeiras cooperativas surgiram em um ambiente de crise de desemprego, com problemas de distribuição de renda e condições de exploração. Assim, com objetivos claros e eticamente discutidos, um grupo de 28 tecelões fundou a "Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale", que tinha como principal finalidade o homem e não o lucro. Essa forma de sociedade prosperou ética e economicamente, funcionando de forma democrática e servindo de exemplo para outras iniciativas semelhantes, buscando construir uma sociedade justa, livre e com bases na democracia. Tendo uma visão igualitária e social, o cooperativismo é aceito por todos os governos e reconhecidos como fórmula democrática para a solução de problemas econômicos, tendo hoje uma lei específica para o seu reconhecimento: Lei federal nº 5764/71.

 

Cooperativas pelo mundo

Atualmente, o cooperativismo está presente em cerca de 90 países, sob a orientação da Aliança Cooperativa Internacional (ACI), primeira Organização não Governamental (ONG), a fazer parte do Conselho da ONU representando mais de 800 milhões de pessoas.

 

Cooperativas no Brasil

No Brasil, o cooperativismo vem ganhando espaço e hoje já somos mais de 8.000 cooperativas, com mais de 5 (cinco) milhões de sócios cooperados, representando 6% do PIB (Produto Interno Bruto). Hoje as Cooperativas brasileiras são responsáveis por:

- 75% do trigo, 41% da cevada, 40% do açúcar e 37% da soja produzidos no país;

- 52% do leite, e cerca de 38% de seus derivados;

e

- 43% das exportações de lã e derivados.

 

Conceitos Básicos do Cooperativismo

 

 

COOPERATIVISMO

É Doutrina, sistema, movimento ou simplesmente atitude / disposição que considera as cooperativas como uma forma ideal de organização para o desenvolvimento de atividades sócio-econômicas.

 

 

COOPERATIVA

Organização associativa de caráter social e sem fins lucrativos. É uma sociedade de pessoas, que se unem com o objetivo de melhorar as condições econômicas, sociais e culturais de cada um, onde os associados constituem, dirigem e tem igualdades de direitos e deveres.

 

 

COOPERATIVA DE TRABALHO

Sociedade constituída por trabalhadores no exercício de suas atividades laborativas ou profissionais, com proveito comum, autonomia e autogestão, para obterem melhor qualificação, renda, situação sócio-econômica e condições gerais de trabalho.

 

 

 

Princípios e Valores

 

 

Princípios Valores
   

1 Adesão voluntária e livre;
2 Controle democrático pelos sócios;
3 Participação econômica dos membros;
4 Autonomia e Independência;
5 Educação, Formação e Informação;
6 Intercooperação;
7 Interesse pela Comunidade.

1 Ajuda mútua, comprometimento e responsabilidade;
2 Autonomia;
3 Democracia;
4 Igualdade, equidade e solidariedade;
5 Responsabilidade social e preocupação com seu semelhante;
6 Ética, honestidade e transparência.

 

Ramos do Cooperativismo

 

Existem vários tipos e ramos de Cooperativas, cada um possui características próprias, sendo regidos por leis e regulamentos próprios, tendo contido sempre uma mesma base legal para todos, a Lei nº 5.7641/71.

Agropecuário

Mineral

Consumo

Produção

Crédito

Saúde

Educacional

Trabalho

Especial

Turismo e Lazer

Infra-Estrutura

Transporte de Cargas

Habitacional

Transporte de Passageiros

   

 

 

Estrutura Reconhecida Mundialmente

 

O cooperativismo está presente em diversos países, sob a orientação de órgãos que constituem uma Estrutura Oficial reconhecida mundialmente.

 

 

 

Legislação

 

No Brasil, as cooperativas são regulamentadas através de Leis específicas:

 

Lei nº 5.764 / 71 (Lei Geral e específica do Cooperativismo);

Constituição Federal de 1.988 (Art. 5º inciso XVII e Art. 174 § 2º);

Lei nº 8.949, de 09/12/94 – Alterou o art. 442 da CLT;

Lei nº 9.876, de 26/11/99 e Lei nº 10.666/03 (INSS);

Lei nº 8.981 de 20/01/95 – Art. 64 – (IR)

Lei nº 12.226/06 (Estimula o Cooperativismo no Estado de SP)

Lei Orgânica Municipal vigente.

 

 

Do excelente site parceiro do www.drashirleydecampos.com.br:

 

 

 

http://www.megatendencia.com.br/cooperativismo/legislacao.html

 

 

 

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos