-
Esta página já teve 133.070.420 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.666 acessos diários
home | entre em contato
 

Obesidade:Adulto/Infantil/Bariátrica

Obesidade infanto-juvenil: uma proposta de classificação clínica

26/11/2009

REVISÃO E ENSAIO REVIEW AND ESSAY REVISIÓN Y ENSAIO

 

Obesidade infanto-juvenil: uma proposta de classificação clínica

 

Infant-juvenile obesity: proposal for a clinical classification

 

Obesidad infante-juvenil: una propuesta de clasificación clínica

 

 

Carlos Alberto Nogueira de AlmeidaI; Marina Elisa Costa BaptistaII; Graziela Aparecida Nogueira de AlmeidaIII; Victor Evangelista de Faria FerrazIV

Centro de Estudos em Saúde e Nutrição Infantil da Universidade de Ribeirão Preto (CESNI)
IDoutor em Pediatria. Diretor do Departamento de Nutrologia Pediátrica da Associação Brasileira de Nutrologia. Professor de Nutrologia do Curso de Medicina da Universidade de Ribeirão Preto
IIDoutora em Enfermagem
IIIDoutora em Psicologia. Psicóloga contratada na área de Nutrologia do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto
IVDoutor em Genética. Professor do Curso de Medicina da Universidade de Ribeirão Preto

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

OBJETIVO: propor uma classificação de obesidade infanto-juvenil que sintetize os conhecimentos atuais em relação aos aspectos etiológicos e aos fatores de complicação.
FONTES PESQUISADAS: a proposta de classificação baseou-se nos dados da literatura internacional e nacional, constantes das bases MEDLINE, Lilacs e SCIelo. Os conhecimentos foram organizados de acordo com a experiência de atendimento clínico do Centro de Estudos em Saúde e Nutrição Infanto-juvenil da Universidade de Ribeirão Preto.
SÍNTESE DOS DADOS:
a obesidade foi classificada inicialmente em dois grandes grupos: com e sem resistência periférica à insulina. O primeiro foi denominado de Obesidade Metabólica. O outro grupo foi subdividido em Obesidade Sindrômica, Obesidade Induzida Endocrinológica, Obesidade Induzida Neurológica, Obesidade Induzida por Fármacos, Obesidade Alimentar Somática e Obesidade Alimentar Psicossomática.
CONCLUSÕES: a classificação proposta permite individualizar a condução dos casos de obesidade segundo aspectos etiológicos e fatores de complicação.

Descritores: Obesidade. Perda de peso. Hábitos alimentares. Criança. Adolescente.


ABSTRACT

OBJECTIVE: to propose a classification for infant-juvenile obesity that synthesizes current knowledge with regard to the etiologic aspects and to the complication factors.
DATA SOURCE:
the proposed classification was based on national and international data obtained from MEDLINE, Lilacs and SCIelo. The information was organized in the light of the clinical experience of the Centro de Estudos em Saúde e Nutrição Infanto-juvenil at the University of Ribeirão Preto.
DATA SYNTHESIS:
obesity was classified initially into two major groups: with and without peripheral insulin resistance. The former group was denominated Metabolic Obesity. The latter was subdivided into Syndromic Obesity, Endocrinologic-Induced Obesity, Neurologic-Induced Obesity, Pharmacologic-Induced Obesity, Alimentary-Somatic Obesity and Alimentary-Psychosomatic Obesity.
CONCLUSIONS:
the proposed classification enables an individualized management of each case according to etiologic aspects and complication factors.

Keywords: Obesity. Weight loss. Food habits. Child. Adolescent.


RESUMEN

OBJETIVO: proponer una clasificación de obesidad infante-juvenil que sintetice los conocimientos actuales con relación a los aspectos etiológicos y a los factores de complicación.
FUENTES PESQUISADAS:
la propuesta de clasificación se hicieron con base en los datos de la literatura internacional y nacional, constantes de las bases MEDLINE, Lilacs y SCielo. Los conocimientos fueron organizados de acuerdo con la experiencia de atendimiento clínico del Centro de Estudios en Salud y Nutrición Infante-Juvenil de la Universidad de Ribeirão Preto.
SÍNTESIS DE LOS DATOS:
la obesidad fue clasificada inicialmente en dos grandes grupos: con y sin resistencia periférica a la insulina. El primero fue denominado de Obesidad Metabólica. El otro grupo fue subdividido en Obesidad Sindromica, Obesidad Inducida, Endocrinológica, Obesidad Inducida Neurológica, Obesidad Inducida por Fármacos, Obesidad alimentar Psicosomática.
CONCLUSIONES:
la clasificación permite individualizar la conducción de los casos de obesidad según aspectos etiológicos y factores de complicación.

Palabras-claves: Obesidad. Perdida de peso. Hábitos alimenticios. Niño. Adolescente.

 

 

 

http://www.pediatriasaopaulo.usp.br/index.php?p=html&id=1084

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos