-
Esta página já teve 133.069.336 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.665 acessos diários
home | entre em contato
 

Arte/Cultura/Diversão/Agenda

Enquanto Houver Encanto: São Paulo

03/12/2009
Enquanto Houver Encanto
Oculto do Aparente
Em Cartaz:
Até 20 de dezembro | sábados e domingos , 17h30
Sala B
Veja o mapa da sala (setores e valores)
Veja o mapa da sala (lugares e fotos)
Preços:
Crianças (até 12 anos) = R$12,00 | Adultos = R$24,00
 

 
Depois da temporada de Além da Mágica, que promoveu o casamento entre mágica e contação de histórias, com sucesso de público e de crítica, o grupo Oculto do Aparente, apresenta agora um espetáculo destinado a crianças de todas as idades.

“Enquanto Houver Encanto” une mágica e mímica num espetáculo sem palavras destinado a todas as idades. Crianças e adultos irão se encantar com 25 efeitos de mágica encadeados numa narrativa mímica de um viajante que interage com o mundo e encontra encanto no que há de mais simples.

A atmosfera é criada pela mímica ativa, desenvolvida por Alberto Gaus – diretor do espetáculo – na qual intérprete e gestos estão a serviço da criação de ambientes imaginários denominados por ele de “salões”. Esses “salões” recebem maior destaque do que o mímico e seus gestos, proporcionando ao público uma constante sensação de participação.


Ricardo Malerbi – autor e intérprete desse espetáculo e co-fundador do grupo Oculto do Aparente, realiza efeitos de manipulação estudados na Magic And Mystery School em Las Vegas, com Jeff McBride, além de efeitos premiados em diversas competições de mágica. A união dessa formação com as diferentes modalidades cênicas, gera, nessa obra uma linguagem inédita.



Sinopse

Em um rabo de cometa, um viajante inquieto, pousa num planeta misterioso. Logo no início, descobre que seu amigo, um ratinho de esponja “vivo”, veio junto em seu bolso, e ele passa a direcioná-lo para diferentes cenas. Algumas poéticas, como uma dança de focos de luz apoiados magicamente nas mãos vazias ou mesmo levitando em pleno ar; outras divertidas, com aparição de bolas de todos os tipo e jogos desastrados; outras ainda, misteriosas como a manifestação de um dragãozinho cuspidor de fogo a partir de um saco de pano.


Grupo Oculto do Aparente

Formado pelos mágicos (Célio Amino e Ricardo Malerbi) cujos interesses vão além da mágica tradicional, a dupla tem como interesse principal o estudo de novos caminhos para a mágica através do diálogo com as artes cênicas.

Sua primeira realização foi Além da Mágica, de Célio Amino e direção de Ricardo Malerbi. Sua atual realização é Enquanto Houver Encanto, de Ricardo Malerbi com direção de Alberto Gaus.

Ricardo Malerbi: Artista que pesquisa e propõe diálogos entre diferentes linguagens com a arte mágica. Formado mágico pela Academia Brasileira de Arte Mágica em 2000 e manipulador pela Magic and Mistery School (Las Vegas) em 2002, desenvolveu uma técnica na mágica capaz de interagir com outras modalidades cênicas. Formado no curso de Comunicação das Artes do Corpo PUC – SP.



Ficha Técnica

Concepção: Ricardo Malerbi
Direção: Alberto Gaus
Supervisão Mágica: Célio Amino
Elenco: Ricardo Malerbi
Cenário: Bruno Storni, Marcelo Diament e Satoru Nakumo
Adereços: Oculto do Aparente
Figurino: F. Macchioni
Trilha: Ricardo Malerbi
Desenho de Luz: Roseli Martinelly
Preparação Corporal: Oculto do Aparente e Solar da Mímica
Produção Artística: Alice Fresnot e Larissa Orlow
Realização: Oculto do Aparente e Instituto Alfa de Cultura
Contato da companhia: ricardo.malerbi@gmail.com


Duração: 55 minutos

Recomendado para crianças a partir de 3 anos.

 

Fonte:

 

http://www.teatroalfa.com.br/esp_ver.asp?id=117&tipo=8

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos