- Uso de suplementos alimentares por adolescentes
Esta página já teve 135.318.592 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.662 acessos diários
home | entre em contato
 

Teen/Hebeatria/Adolescência/Jovem

Uso de suplementos alimentares por adolescentes

06/06/2010

Jornal de Pediatria

 

J. Pediatr. (Rio J.) vol.85 no.4 Porto Alegre Aug. 2009

doi: 10.1590/S0021-75572009000400004 

ARTIGO DE REVISÃO

 

Uso de suplementos alimentares por adolescentes

 

 

Crésio AlvesI; Renata Villas Boas LimaII

IDoutor. Professor adjunto, Pediatria, Hospital Universitário Professor Edgard Santos, Faculdade de Medicina, Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, BA. Coordenador, Residência, Endocrinologia Pediátrica, Hospital Universitário Professor Edgard Santos, Faculdade de Medicina, UFBA, Salvador, BA.
IIMédica residente (MR4), Endocrinologia Pediátrica, Hospital Universitário Professor Edgard Santos, Faculdade de Medicina, UFBA, Salvador, BA.

Correspondência

 

 


RESUMO

OBJETIVO: Revisar crititcamente o uso, benefícios e efeitos adversos dos principais suplementos alimentares utilizados por adolescentes.
FONTES DOS DADOS: A pesquisa bibliográfica, realizada nos últimos 10 anos, utilizou os bancos de dados MEDLINE e LILACS. Foram examinados 377 artigos, sendo selecionados 52.
SÍNTESE DOS DADOS: O consumo de suplementos dietéticos é amplamente difundido entre adolescentes. Tal fato é constatado, com frequência, nos consultórios de pediatria e hebeatria. Na maioria das vezes ele ocorre sem uma necessidade específica, sendo motivado pela busca do corpo ideal. Outros motivos para essa suplementação são: compensar dieta inadequada, aumentar imunidade, prevenir doenças, melhorar o desempenho competitivo e superar os próprios limites. Os suplementos alimentares mais utilizados e discutidos nesse artigo e para os quais existem poucas evidências de um efeito benéfico de sua utilização por adolescentes saudáveis são: proteínas, aminoácidos, betahidroxibetametilbutirato, microelementos, carnitina, creatina, vitaminas, cafeína e bicarbonato.
CONCLUSÃO: O uso irrestrito de suplementos dietéticos deve ser desaconselhado, uma vez que expõe o adolescente a vários efeitos adversos, além da falta de evidência de que tal prática levará a melhora no desempenho. Uma nutrição balanceada, com aquisição da energia e dos nutrientes necessários é geralmente suficiente para boa performance nas atividades físicas. A reposição com suplementos dietéticos deve ser reservada para atletas competitivos que não consomem uma dieta balanceada, após a comprovação de alguma deficiência específica.

Palavras-chave: Suplementos dietéticos, exercício, esporte, puberdade.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0021-75572009000400004&script=sci_arttext

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos