-
Esta página já teve 135.282.069 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Teen/Hebeatria/Adolescência/Jovem

Maternidade e paternidade na adolescência: algumas constatações em três cidades do Brasil

06/06/2010

Cadernos de Saúde Pública

 

Cad. Saúde Pública vol.22 no.7 Rio de Janeiro July 2006

doi: 10.1590/S0102-311X2006000700009 

ARTIGO ARTICLE

 

Maternidade e paternidade na adolescência: algumas constatações em três cidades do Brasil

 

Teenage motherhood and fatherhood: observations in three cities of Brazil

 

 

Acácia Batista DiasI, II; Estela M. L. AquinoI

IInstituto de Saúde Coletiva, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil
IIUniversidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana , Brasil

Correspondência

 

 


RESUMO

Este estudo descreve jovens de 18 a 24 anos que experimentaram a maternidade e a paternidade na adolescência. Os dados são oriundos de um estudo multicêntrico (Pesquisa GRAVAD) realizado nas cidades brasileiras de Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador, por meio de inquérito domiciliar, com amostragem probabilística estratificada em três estágios. Do total de 4.634 pessoas entrevistadas, 17,9% de mulheres e 6,3% de homens tornaram-se pais antes dos vinte anos. Os jovens pais/mães apresentam baixa escolaridade e inserção precoce no mercado de trabalho. A maioria desses jovens declara renda familiar per capita até um salário mínimo. A existência de filhos motiva a união conjugal juvenil, na qual se reafirmam as funções de prover e cuidar da criança para homens e mulheres, respectivamente. A família se constitui como instância fundamental de apoio material e afetivo para os jovens pais, mesmo para aqueles que formaram um novo grupo familiar.

Gravidez na Adolescência; Identidade de Gênero; Adolescente; Paternidade


ABSTRACT

This study describes young people from 18 to 24 years of age who experienced motherhood and fatherhood. The data are from a multi-center study (the GRAVAD Research Project) conducted in the Brazilian cities of Porto Alegre, Rio de Janeiro, and Salvador through a household survey with a three-stage stratified probabilistic sample. Among a total of 4,634 interviewees, 17.9% of women and 6.3% of men became parents before the age of 20. Young fathers and mothers show low schooling and early participation in the work market. Most report a per capita monthly family income of some U$150. The existence of children motivates the marital union at a young age, during which the roles of male provider and female caregiver are reaffirmed. Even for young parents who have formed a new family nucleus themselves, their own original families provide a basis of material and affective support.

Pregnancy in Adolescence; Gender Identity; Adolescent; Paternity

 

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0102-311x2006000700009&script=sci_arttext

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos