-
Esta página já teve 132.451.258 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Comorbidade psiquiátrica diminui a qualidade de vida de pacientes com enxaqueca crônica

10/06/2010

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

 

Arq. Neuro-Psiquiatr. vol.65 no.3b São Paulo Sept. 2007

doi: 10.1590/S0004-282X2007000500031 

Comorbidade psiquiátrica diminui a qualidade de vida de pacientes com enxaqueca crônica

 

Psychiatric comorbidities decrease quality of life in chronic migraine patients

 

 

Juliane Prieto Peres MercanteI, II; Marcio Antonini BernikI, II; Vera Zukerman-GuendlerI, III; Eliova ZukermanI; Evelyn KuczynskiII; Mario Fernando Prieto PeresI, III

IInstituto de Ensino e Pesquisa. Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo SP, Brasil
IIInstituto de Psiquiatria, Hospital das Clínicas da FMUSP, São Paulo SP, Brasil
IIIUNIFESP, Escola Paulista de Medicina, São Paulo SP, Brasil

 

 


RESUMO

INTRODUÇÃO: A enxaqueca apresenta elevada comorbidade com os transtornos de humor e de ansiedade e extremo impacto no grau de incapacidade e qualidade de vida do indivíduo afetado, mas pouco se sabe sobre a qualidade de vida dos pacientes com enxaqueca crônica e o impacto das comorbidades psiquiátricas.
MÉTODO: Cinquenta pacientes com diagnóstico de enxaqueca crônica (Sociedade Internacional de Cefaléias, 2004) foram diagnosticados quanto à presença de transtornos mentais, através da entrevista estruturada SCID-I/P e do questionário de qualidade de vida SF-36. Pacientes foram divididos nos seguintes grupos: enxaqueca crônica com transtornos de ansiedade, transtorno de ansiedade generalizada, transtornos de ansiedade com pelo menos um episódio depressivo maior, com episódio depressivo maior, comparados a pacientes sem comorbidade psiquiátrica.
RESULTADOS: Constatou-se qualidade de vida significativamente inferior nos oito domínios da SF-36, nos pacientes com enxaqueca crônica associada a comorbidade psiquiátrica tais como transtornos de ansiedade, transtorno de ansiedade generalizada, transtornos de ansiedade com pelo menos um episódio depressivo maior, assim como nos pacientes apenas com episódio depressivo maior, comparados a pacientes com enxaqueca crônica sem comorbidade psiquiátrica (p<0,05). Somente no domínio Estado Geral de Saúde do SF-36, a qualidade de vida não foi significativamente inferior em todos os grupos de pacientes com enxaqueca crônica associada a comorbidade psiquiátrica. Nos domínios do SF-36 relacionados aos aspectos físicos, a qualidade de vida não foi significativamente inferior somente nos transtornos de ansiedade.
CONCLUSÃO: A comorbidade da enxaqueca crônica e transtornos mentais é fator associado à piora da qualidade de vida dos pacientes e deve ser ativamente pesquisada nesta população.

Palavras-chave: enxaqueca crônica, comorbidade psiquiátrica, qualidade de vida.


ABSTRACT

INTRODUCTION: Chronic migraine is a common, debilitating condition affecting quality of life and social functioning with significant impact. Migraine is highly comorbid with anxiety and mood disorders, but little is known about psychiatric comorbidities impact in the migraine patient quality of life.
METHOD: Fifty patients with chronic migraine diagnosed according to the International Headache Society (2004) were interviewed and met diagnostic criteria for mental disorders, according to the structured interview SCID-I/P and were evaluated by the SF-36 Health Survey questionnaire. Patients were divided in the following groups: chronic migraine with both mood and anxiety disorders, with only anxiety disorders, with generalized anxiety disorder, with only a mood disorder, and without psychopathology. The scores in the group without psychopathology were compared with the other groups. All eight domains of the SF-36 scale were compared in those groups.
RESULTS: Significantly lower (p<0.05) quality of life was found on all eight SF-36 domains for CM psychiatric comorbidity patients compared to no-co morbidity patients. On the SF-36 General Health domain alone, quality of life was not significantly lower for all four CM psychiatric comorbidity groups. On the SF-36 Physical Aspects domain alone, quality of life was not significantly lower only for the Anxiety Disorders group.
CONCLUSION: Chronic migraine comorbidity with mental disorder is a significant factor affecting patients' quality of life.

Key words: chronic migraine, psychiatric comorbidities, quality of life.


 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X2007000500031&nrm=iso&tlng=pt

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos