- Fatores desencadeantes de enxaqueca
Esta página já teve 132.435.812 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Fatores desencadeantes de enxaqueca

10/06/2010

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

 

Arq. Neuro-Psiquiatr. v.66 n.3a São Paulo set. 2008

doi: 10.1590/S0004-282X2008000400011 

ARTICLES

 

Trigger factors in migraine patients

 

Fatores desencadeantes de enxaqueca

 

 

Patrícia Timy FukuiI; Tessa Rachel Tranquillini GonçalvesI; Cintia Giunchetti StrabelliI; Natalia Maria Fernandes LucchinoI; Fernanda Cunha MatosI; Juliana Pinto Moreira dos SantosI; Eliova ZukermanII; Vera Zukerman-GuendlerII; Juliane Prieto MercanteII, IV; Marcelo Rodrigues MasruhaII, III; Domingos Sávio VieiraII, III; Mario Fernando Prieto PeresI, II, III

ILiga de Cefaléia da Faculdade de Medicina do ABC, São Bernardo SP, Brazil
IIInstituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, São Paulo SP, Brazil
IIINeurociências, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo SP, Brazil
IVAMBAN, Instituto de Psiquiatria da FMUSP, São Paulo SP, Brazil

 

 


ABSTRACT

BACKGROUND: Migraine is a chronic neurological disease with several trigger factors, including dietary, hormonal and environmental factors.
PURPOSE: To analyse precipitating factors in a sample of migraine patients.
METHOD: Two hundred consecutive migraine patients were interviewed about possible trigger factors for migraine attacks.
RESULTS: Most patients showed at least one dietary trigger, fasting was the most frequent one, followed by alcohol and chocolate. Hormonal factors appeared in 53% , being the pre-menstrual period the most frequent trigger. Physical activities caused migraine in 13%, sexual activities in 2.5% and 64% reported emotional stress a trigger factor. 81% related some sleep problem as a trigger factor. Regarding environmental factors, smells were reported by 36.5%.
CONCLUSION: Trigger factors are frequent in migraine patients, its avoidance may decrease headache frequency and also improve patients' quality of life.

Key words: migraine, trigger factors.


RESUMO

INTRODUÇÃO: A enxaqueca é uma doença neurológica crônica que apresenta diversos desencadeantes como fatores alimentares, hormonais e ambientais.
OBJETIVO: Analisar os fatores desencadeantes em uma amostra de pacientes com enxaqueca.
MÉTODO: Duzentos pacientes com diagnóstico de enxaqueca foram questionados sobre fatores que pudessem desencadear suas crises. RESULTADOS: 83,5% apresentaram algum fator alimentar, jejum foi o fator mais freqüente, seguido de álcool e chocolate. Dos fatores hormonais, o período pré-menstrual foi o mais freqüente. Atividade física causou enxaquecas em 13%, atividade sexual em 2,5%, estresse em 64% e 81% relataram o sono como fator desencadeante. Em relação aos fatores ambientais, odores foram desencadeantes em 36,5%.
CONCLUSÃO: Os fatores desencadeantes são freqüentes em enxaqueca e a sua detecção deve ser pormenorizada para que se reduza a freqüência de crises e melhore a qualidade de vida do paciente.

Palavras-chave: enxaqueca, fatores desencadeantes.

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X2006000600012&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos