AIDS / HIV -
Esta página já teve 132.459.703 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

AIDS / HIV

A VIR-576 para combater a sida, reduziu em até 95% a quantidade de vírus VIH

27/01/2011
 

Sida: novo fármaco mostra maior eficácia


A substância VIR-576, desenvolvida por cientistas alemães para combater a sida, reduziu em até 95% a quantidade de vírus VIH no sangue de 18 voluntários nos primeiros testes, avança a agência Reuters.

O produto tem efeitos secundários menores por atacar o "invasor" ainda fora das células humanas. Segundo o investigador Frank Kirchhoff, do Hospital Universitário de Ulm, é parecido com outros inibidores de fusão, como o Fuzeon®, mas foi desenvolvido para bloquear o processo de infecção numa etapa anterior.

"O que o vírus faz é parecido com atirar uma âncora para poder acoplar-se à célula", explicou o investigador à Reuters. "A nova droga ocupa a âncora - chamada peptídeo de fusão - e impede que ela seja inserida na membrana celular. Assim, o vírus não consegue entrar na célula".

Vantagens e desvantagens


O medicamento não é afectado por mutações genéticas, pois ataca o vírus num estágio inalterado. Por isso, a substância pode ser uma esperança para doentes que já não reagem aos medicamentos, que representam cerca de 10% dos infectados.

No entanto, o VIR-576 precisa de ser administrado em soro, o que o torna pouco prático e dependente de assistência médica. Por isso, os cientistas estão a tentar desenvolver uma versão em comprimido. No entanto, ainda não há previsão para que o medicamento chegue ao mercado.

 

Fonte:

 

http://www.rcmpharma.com/news/11660/15/Sida-novo-farmaco-mostra-maior-eficacia.html

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos