-
Esta página já teve 132.571.759 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.697 acessos diários
home | entre em contato
 

Nutrologia/Alimentos/Nutrição

Alimentos afrodisíacos

02/02/2011


- Frutos do mar (ostras principalmente): ricos em zinco, que contribui para a formação de testosterona e do esperma;
- Chocolate: aumenta a produção de serotonina que dá sensação de prazer e felicidade, e possui ainda propriedades estimulantes;
- Alimentos picantes: aumentam a freqüência cardíaca e a produção de suor, semelhante às reações provocadas pela relação sexual;
- Pimenta Cayenna: atua como agente excitante por estimular a circulação;
- Tomate: auxilia na síntese de hormônios sexuais e aumenta a fertilidade;
- Banana: rica em magnésio, importante por promover a vasodilatação das artérias e aumentar o desempenho sexual, além de auxiliar na produção de serotonina, atuando na sensação de felicidade;
- Gengibre: devido sua ação estimulante do sangue, auxilia na prolongação da  função erétil;
- Café: por ser rico em cafeína, possui interessante ação estimulante. Hipertensos devem consumir com  moderação e procurar a orientação de um nutricionista.

Muitas frutas consumidas regularmente em nossa alimentação também são consideradas afrodisíacas, como: abacate, banana, côco, romã, maçã, pêra, uva, entre outros.

Muitas frutas estão associadas ao prazer e a fertilidade, e muitas vezes suas formas são associadas com o corpo feminino.

Porém, é importante lembrar que alguns alimentos devem ser evitados, pois exercem ação contrária aos alimentos afrodisíacos, como:


- Frituras, doces e carnes: devido ao seu conteúdo de gordura, que impede a circulação adequada de sangue e dificulta a digestão;
- Bebida alcoólica em excesso: pode causar impotência;
- Brássicas (couve, repolho, couve-flor, etc) e leguminosas como o feijão: devido ao seu teor de fermentação, podem provocar flatulência.

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos