-
Esta página já teve 132.482.001 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.703 acessos diários
home | entre em contato
 

Gastroenterologia/Proctologia/Fígado

Quando e como tratar as complicações na necrose pancreática infectada

13/04/2011

ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Resumo

SILVA, Rodrigo Altenfelder; PACHECO-JUNIOR, Adhemar Monteiro; MORICZ, André de  e  CAMPOS, Tércio de. Quando e como tratar as complicações na necrose pancreática infectada. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2010, vol.23, n.4, pp. 270-274. ISSN 0102-6720.  doi: 10.1590/S0102-67202010000400013.

INTRODUÇÃO: A pancreatite aguda se apresenta na sua forma grave entre 10% e 15% dos casos e está associada com alta mortalidade. Na fase inicial da evolução caracteriza-se pelo aparecimento de disfunções orgânicas e posteriormente pela presença de necrose pancreática e suas complicações. MÉTODO: Foi realizada revisão da literatura com consultas feitas nas seguintes bases de dados: Pubmed, Scielo, Lilacs. Os descritores cruzados foram os seguintes: pancreatite aguda, infecção, necrose pancreática. CONCLUSÃO: O tratamento da necrose pancreática, apesar do advento de modernos métodos e técnicas, ainda continua desafiador. Devido à multiplicidade de aspectos que pode assumir, a análise de cada caso, tendo em vista a extensão, gravidade e meios existentes no local de atendimento do paciente, é que deverá orientar o tratamento possível, sendo ele sempre individualizado a cada caso.

Palavras-chave : Pancreatite aguda; Infecção; Necrose pancreática.

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos