-
Esta página já teve 133.034.827 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.668 acessos diários
home | entre em contato
 

Pediatria/Criança

Adoçantes em pediatria

26/04/2011
 ADOÇANTES EM PEDIATRIA
 Simone Moreira da Silva
 25/10/2003

 endocrinologia

 

 ADOÇANTES EM PEDIATRIA

ADOÇANTES SÃO COMPOSTOS QUE SUBSTITUEM A SACAROSE, CONFERINDO AOS ALIMENTOS UM SABOR SEMELHANTE AO DO AÇUCAR DE CANA OU DO MEL. ATÉ O INICIO DO SÉCULO XX, QUANDO SE PRETENDIA ADOÇAR ALGUMA COISA UTILIZAVA-SE A SACAROSE. A SEQUENCIA DE DIVERSAS GUERRAS E A CONSEQÜENTE ESCASSEZ DE AÇUCAR FORAM MOTIVOS IMPORTANTES NO SURGIMENTO DOS ADOÇANTES. CONSIDERA-SE QUE A SACAROSE TEM PODER ADOÇANTE UNITÁRIO, UMA VEZ QUE ELA É O PRINCIPAL REPRESENTANTE DAS SUBSTÂNCIAS QUE ADOÇAM. SEMPRE QUE SE FALAR EM PODER ADOÇANTE DE ALGUM PRODUTO, SIGNIFICA COMPARAR ESSE PODER COM AQUELE DA SACAROSE. OS ADOÇANTES PODEM SER CLASSIFICADOS EM NUTRITIVOS E NÃO NUTRITIVOS, DE ACORDO COM A SUA CONTRIBUIÇÃO CALÓRICA Á DIETA. AS INDICAÇÕES PARA O USO DESSAS SUBSTÂNCIAS AINDA NÃO ESTÃO BEM ESTABELECIDAS, PARTICULAMENTE EM CRIANÇAS. DE UM MODO GERAL ESTÃO INDICADOS PARA OS PACIENTES PORTADORES DE DIABETES E OBESIDADE. QUANDO UTILIZADO RESPÉITANDO-SE AS DOSES RECOMENDADAS, PODE-SE DIZER QUE O SEU USO É BEM SEGURO. ISSO ACONTECE, PÓR EXEMPLO, COM O ASPARTAME E O ACESULFAME- POTÁSSIO. JÁ COM A SACARINA, SABE-SE QUE O USO INDISCRIMINADO DELA EM CRIANÇAS DEVE SER PROTELADO ATÉ QUE ESTUDOS MAIS EXTENSOS E CONCLUSIVOS SEJAM ELABORADOS.

ADOÇANTES NUTRITIVOS

• SACAROSE: DISSACARIDEO COMPOSTO POR GLICOSE E FRUTOSE, OBTIDO A PARTIR DA CANA DE AÇUCAR OU DA BETERRABA. SOFRE FERMENTAÇÃO NA CAVIDADE BUCAL, E PORTANTO É CARIOGÊNICA. SEU PODER ADOÇANTE É CONSIDERADO IGUAL A 1. FORNECE 4KCAL/G.

• FRUTOSE: MONOSSACARIDEO NATURAL DAS FRUTAS E DO MEL. É HIDROSSOLUVEL E TERMOESTÁVEL EM TEMPERATURAS NÃO MUITO ELEVADAS. PODE SER UTILIZIDAS POR DIABÉTICOS, EM DOSE MENORES QUE 0,5 A 1 G/KG/D, E QUANDO UTILIZADOS EM LARGAS DOSES, LEVA Á ELEVAÇÃO DO LDL- COLESTEROL. TEM PODER ADOÇANTE 1,7 MAIOR QUE A SACAROSE, E É MENOS CARIOGÊNIAC. FORNECE 4 KCAL/G.

• POLIÓIS: AÇÚCARES ALCOÓLICOS, SUBSTITUEM A SACAROSE NA PROPORÇÃO DE1;1, COM A VANTAGEM DE SEREM MENOS CALÓRICOS, MENOS CARIOGÊNICOS E LEVAREM A UMA RESPOSTA GLICÊMICA MENOR QUANDO INGERIDOS. PÓREM, COMO NÃO SÃO COMPLETAMENTE ABSORVIDOS NO INTESTINO, SE UTILIZADOS EM DOSES MAIORES QUE O RECOMENDADO PODEM LEVAR A QUADROS DIARRÊICOS. OS PRINCIPAIS POLIÓIS SÃO: SORBITOL (PODER ADOÇANTE 0,4; FORNECE 2,6KCAL/G; DOSE MÁXIMA 150MG/KG/D), MANITOL ( PODER ADOÇANTE 0,6; FORNECE 1,6KCAL/G; DOSE MÁXIMA 150MG/KG/D), E XILITOL ( PODER ADOÇANTE 0,4; FORNECE 2,4KCAL/G; NÃO TEM DOSE RECOMENDADA).

ADOÇANTES NÃO NUTRITIVOS

• SACARINA: COMPOSTO SULFIMIDA BENZÓICO ( DERIVADO DE PETRÓLEO), DESCORBETO EM 1875, APRESENTADO NA FORMA DE SAIS DE SÓDIO, POTÁSSIO E CÁLCIO. AS DÚVIDAS QUANTO Á POSSIBILIDADE DE SER CARCINOGÊNICA FORAM DIRIMIDAS APÓS VÁRIOS ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS. SEU USO ESTÁ LIBERADO DESDE 1991 EM MAIS DE 90 PAÍSES, DENTRE ELES O BRASIL. TEM PODER ADOÇANTEN 300 VEZES MAIOR QUE O DA SACAROSE. SUA COMERCIALIZAÇÃO É FEITA NA FORMA LÍQUIDA OU EM PÓ, ASSOCIADA OU NÃO AO CICLAMATO, E A DOSE MÁXIMA RECOMENDADA É DE 5 MG/KG/D.

• CICLAMATO: ÁCIDO CICLOHEXIL- SULFÂMICO, DESCORBETO EM 1937, APRESENTADO NA FORMA DE SAIS DE SÓDIO, POTÁSSIO E CÁLCIO, SEU USO ESTÁ LIBERADO EM MAIS DE 50 PAÍSES, INCLUSIVE O BRASIL, PÓREM NOS EUA ESTÁ PROIBIDO DESDE OS ANOS 70, DEVIDO Á EXISTÊNCIA DE DÚVIDAS A RESPEITO DE SUA CARCINOGENICIDADE. ISSO, NO ENTANTO, NÃO FOI CONFIRMADO POR ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS. ATUALMENTE SUA APROVAÇÃO É NOVAMENTE AGUARDADA NAQUELE PAÍS. TEM PODER ADOÇANTE 30 VEZES MAIOR QUE A SACAROSE, E A DOSE MAXIMA RECOMENDADA É DE 11MG/KG/D.

• ASPARTAME: METIL ESTER DE L-ASPARTATO E L- FENILALANINA, DESCORBETO EM 1965, COM USO LIBERADO EM MAIS DE 90 PAÍSES, INCLUVSIVE NO BRASIL. APESAR DE MUITOS AUTORES RELACIONAREM SUA INGESTÃO COM A OCORRÊNCIA DE SINTOMAS NEUROLÓGICOS COMOCEFALÉIA, CONVULSÕES, ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO E ATÉ APARECIMENTO DE TUMORES DO SNC, OS ESTUDOS PUBLICADOS MOSTRAM QUE SEU USO É SEGURO EM RELAÇÃO A TODOS ESSES EFEITOS. PODE SER UTILIZADO POR CRIANÇAS E INCLUSIVE POR GESTANTES, DEVENDO SER FEITA APENAS UMA RESSALVA AOS PORTADORES DE FENILCETONÚRIA.FORNECE 4 KCAL/G, PORÉM TEM PODER ADOÇANTE 200VEZES MAIOR QUE A SACAROSE, E POR ISSO NÃO CONTRIBUI DE FORMA SIGNIFICATIVA COM CALORIAS Á DIETA. DOSE MÁXIMA RECOMENDADA É DE 50MG/KG/D.

• ACESULFAME- POTÁSSIO: DERIVADO DO ÁCIDO ACETOACÉTICO, DESCORBETO EM 1967. SEU USO É LIBERADO DESDE 1988, E HOJE É UTILIZADO EM MAIS DE 40 PAÍSES, DENTRE ELES O BRASIL.COMERCIALIZADO NA FORMA LIQUIDA OU EM PÓ, COMBINADO A OUTROS ADOÇANTES. TEM PODER ADOÇANTE 200 VEZES MAIOR QUE A SACAROSE, E A DOSE MÁXIMA RECOMENDADA É DE 15MG/KG/D.

• ESTEVIOSÍDEO: GLICOSÍDEO DO ESTEVIOL COM PODER ADOÇANTE 300 VEZES MAIOR QUE O DA SACAROSE. AINDA NÃO FORAM RELATADOS EFEITOS COLATERAIS RELACIONADOS AO SEU USO. DOSE MÁXIMA RECOMENDADA DE 5,5MG/KG/D.

• SUCARIOSE: PRODUZIDA A PARTIR DA SACAROSE, COM SEU USO LIBERADO DESDE 1998. SUA ABSORÇÃO É LIMITADA, E O POUCO QUE É ABSORVIDO NÃO SOFRE METABOLIZAÇÃO PARA OBTENÇÃO DE ENERGIA, O QUE FAZ DELA UMA SUBSTÂNCIA NÃO CALÓRICA. TEM PODER ADOÇANTE 600 VEZES MAIOR QUE O DA SACAROSE E DOSE MÁXIMA RECOMENDADA DE 15MG/KG/D.

• ALITAME: ÁCIDO ASPÁRTICO E ALANINA ASSOCIADOS A UM AMIDO. AINDA NÃO TEM SEU USO LIBERADO NOS EUA E EUROPA, MAS É CONSIDERADO SEGURO PARA O CONSUMO HUMANO, POIS SABE-SE QUE UMA DOSE DE 100MG/KG/D NÃO CAUSA EFEITOS ADVERSOS, E CORRESPONDE A 300 VEZES A MÉDIA DO CONSUMO DIÁRIO DE UM INDIVIDUO ADULTO. TEM PODER ADOÇANTE 2000 VEZES MAIOR QUE A SACAROSE, E SUA CONTRIBUIÇÃO CALÓRICA É INSIGNIFICANTE, EM TRONO DE 1,4KCAL/G.

• FRUTOOLLGOSSACARÍDEO: ENCONTRADO NATURALMENTE EM ALIMENTOS, OBTIDO A PARTIR DE AÇÃO DE UMA ENZIMA SOBRE A SACAROSE. AINDA NÃO ESTÁ DISPONIVEL EM NOSSO MEIO, POIS ENCONTRA-SE EM FASE DE ESTUDOS. TEM PODER ADOÇANTE DE 0,5 E O TEOR CALÓRICO É DE 1,5KCAL/G.

 

Fonte:

http://www.pharmakondf.com.br/index.php

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos