Ginecologia/Mulher -
Esta página já teve 132.442.462 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.709 acessos diários
home | entre em contato
 

Ginecologia/Mulher

A história natural dos miomas

28/04/2011
  1. Mavrelos D.
  2. J. Ben-Nagi,
  3. Holland T.
  4. Hoo W.,
  5. Naftalin J.,
  6. Dr. D. Jurkovic

Artigo publicado pela primeira vez online: 12 JAN 2010

DOI: 10.1002/uog.7482

 

Palavras-chave:

  • tumor benigno;
  • volume dos miomas;
  • crescimento;
  • intramuros;
  • submucosos;
  • subserous;
  • ultra-som

Resumo

Objetivos

Miomas são comuns, hormônio-dependentes, tumores uterinos benignos. Eles podem causar morbidade e os sintomas dependem em grande parte de seu tamanho. O objetivo deste estudo foi descrever a história natural de miomas e identificar os fatores que podem influenciar o seu crescimento.

Métodos

Este foi um estudo longitudinal retrospectivo de mulheres pré-menopáusicas que foram diagnosticadas com fibróides uterinos no exame de ultra-som. Todas as mulheres foram submetidos a pelo menos dois exames de ultra-som transvaginal, que foram todos realizados por um único operador. Miomas foram medidos em três planos perpendiculares entre si eo diâmetro médio foi calculado. O tamanho ea posição de cada indivíduo mioma foi avaliada e registada numa base de dados informatizada. O volume de cada mioma foi calculada usando a fórmula para uma esfera.

Resultados

Um total de 122 mulheres foram incluídas no estudo. A idade média no exame inicial foi de 40 (variação, 27-45) anos. Setenta e dois (59,0%) eram nulíparas e 74 (60,7%) tinha miomas múltiplos. O intervalo médio entre o exame inicial e final foi de 21,5 (variação, 8-90) meses. O mioma volume médio aumentou 35,2% ao ano. miomas pequenos (<20 mm de diâmetro médio) cresceram significativamente mais rápido que miomas maiores ( P = 0,007). O aumento médio no tamanho foi significativamente maior nos casos de miomas intramurais (53,2 (intervalo interquartil (IQR), 11,2-217%)) do que em miomas subseroso (25,1 (IQR, 1,1-87,1)%) e miomas submucosos (22,8 (IQR , - 11,7 para 48,3%)) ( P = 0,012). A análise multivariada manteve apenas o tamanho dos miomas na apresentação como um preditor independente do crescimento do mioma.

Conclusão

O crescimento de miomas em mulheres na pré-menopausa é influenciada pelo tamanho do tumor na apresentação.

 

Copyright © 2010 ISUOG. Publicado por John Wiley & Sons, Ltd.

 

Fonte:

 

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/uog.7482/abstract

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos