- Obesidade e processo de queima de gorduras
Esta página já teve 133.069.110 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.665 acessos diários
home | entre em contato
 

Obesidade:Adulto/Infantil/Bariátrica

Obesidade e processo de queima de gorduras

04/07/2011
Obesidade e processo de queima de gorduras
Pesquisadores acreditam que a lipólise pode ser controlada pelo cérebro através dos nervos aferentes


Pesquisadores da Georgia State University descobriram que as células de gordura fornecem feedback para o cérebro no sentido de regular a queima de gordura, funcionando de forma semelhante a um termostato de temperatura.

            Com o aumento da obesidade e de seus efeitos deletérios para a saúde e para a expectativa de vida da população mundial, a pesquisa poderá ajudar os cientistas a compreender melhor como a obesidade ocorre.

            C. Kay Song e Tim Bartness em parceria com Gary J. Schwartz, do Albert Einstein College of Medicine, descobriram que durante o processo de queima de gordura - denominado lipólise - as células de gordura utilizam os nervos aferentes que conduzem informações da periferia do corpo para o sistema nervoso central.

            Utilizando marcadores para traçar a comunicação nos nervos de hamsters siberianos, descobriram que o cérebro usa parte do sistema nervoso utilizado para regularizar as funções do organismo, denominado sistema nervoso simpático, com a finalidade de comunicar de volta às células o início, a continuação ou o término da queima de gorduras, de acordo com a informação que o cérebro recebe da gordura.

            "O cérebro pode disparar o mecanismo para queimar a gordura por meio dos nervos aferentes e a célula de gordura fornecer a resposta para o cérebro", explica Bartness. "Este é um conceito realmente importante em Biologia, uma vez que mostra que o processo de regulação da lipólise é muito mais parecido com o de um termostato".

            "A presença e a função dos nervos aferentes eram totalmente ignorados [neste processo], e as áreas do cérebro que recebiam tais informações eram desconhecidas até realizarmos esses estudos", declarou o pesquisador. Bartness diz ainda que apesar de essa comunicação desempenhar importante papel na queima da gordura, os autores ainda não estão certos das consequências desse processo em longo prazo. Segundo ele, este será um conhecimento importante para a compreensão da obesidade e poderá explicar a razão de algumas pessoas queimarem gordura mais facilmente do que outras.


Fonte:

 

http://www.torrentonline.com.br/novoportal/tema/cardiometabolismo/?11483/obesidade-e-processo-de-queima-de-gorduras

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos