-
Esta página já teve 134.642.335 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.669 acessos diários
home | entre em contato
 

Nutrologia/Alimentos/Nutrição

Uso da Mini Avaliação Nutricional em idosos institucionalizados

11/07/2011
Janise Pedroso Colembergue, Simara Rufatto Conde

Resumo


Objetivos: avaliar o estado nutricional de idosos institucionalizados em um asilo de Rio Grande, uma cidade portuária do Rio Grande do Sul.
Métodos: foi realizado um estudo transversal com idosos de 60 anos ou mais, residentes em uma instituição filantrópica e privada. Para a avaliação do estado nutricional dos idosos utilizou-se a Miniavaliação Nutricional. Para análise foi usada estatística descritiva (média, desvio padrão e percentuais) e teste t de Student para comparar dados entre os sexos. Considerou-se o valor de p menor que 0,05 como estatisticamente significante.
Resultados: foram avaliados 28 idosos, dos quais 57,1% eram mulheres. A média de idade nas mulheres foi de 78,5±9,3 e nos homens de 77±8,5 anos (diferença não significativa). A média de peso e o índice de massa corporal também não apresentaram diferença entre os sexos. A maior média de altura (1,62±0,07m) foi encontrada no grupo masculino (p menor do que 0,05). Através da Miniavaliação Nutricional, identificou-se 10,7% dos idosos desnutridos, 25% em risco de desnutrir e 64,3% eutróficos, não havendo diferença significativa entre os sexos. Das mulheres avaliadas, 7,14% apresentavam eutrofia pela Miniavaliação Nutricional, porém pelo índice de massa corporal estavam com baixo peso.
Conclusões: o estudo revelou que houve uma baixa prevalência de idosos desnutridos e em risco de desnutrir na população estudada. Entretanto, a Miniavaliação Nutricional não possibilita avaliar pacientes acamados ou mentalmente comprometidos. Devem ser utilizados outros métodos de acompanhamento do estado nutricional em instituições geriátricas, com instrumentos eficientes, de fácil execução e que permitam avaliar não somente o déficit, mas também o excesso de peso nessa faixa etária.


 

Fonte:

 

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/scientiamedica/article/view/6909

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos