-
Esta página já teve 134.690.827 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Câncer/Oncologia/Tumor

Controle de câncer de pele através do ritmo circadiano

22/11/2011
  1. Aziz Sancar um , b , d , 1

+ Afiliações Autor

  1. Departamentos de uma Bioquímica e Biofísica,
  2. c Patologia e Medicina Laboratorial,
  3. b Lineberger Comprehensive Cancer Center, e
  4. d Centro de Saúde Ambiental e Suscetibilidade, University of North Carolina School of Medicine, Chapel Hill, NC 27599, e
  5. e Sinalização Celular e Grupo do Câncer, Departamento de Toxicologia Ambiental e Molecular, North Carolina State University, Raleigh, NC 27695
  1. Contribuição de Aziz Sancar, 16 de setembro de 2011 (enviado para revisão 24 de agosto de 2011)

Abstract

Câncer de pele é a forma mais comum de câncer nos Estados Unidos. A principal causa deste tipo de câncer é o dano ao DNA induzido pelo componente UV da luz solar. Em humanos e camundongos, os danos UV é removido por excisão de nucleotídeos do sistema de reparo. Aqui, nós relatamos que uma subunidade limitação de velocidade de reparo por excisão, o grupo de xeroderma pigmentoso Uma proteína (XPA), a excisão e reparo exibem ritmicidade diária na pele do rato, com um mínimo de manhã e um máximo na tarde / noite . Em paralelo com a ritmicidade da taxa de reparo, descobrimos que camundongos expostos à radiação UV (UVR) em 04:00 mostrar uma diminuição da latência e cerca de uma multiplicidade cinco vezes maior de câncer de pele (carcinoma de células escamosas invasivo) do que os camundongos expostos à RUV em 4:00 PM. Concluímos que hora do dia de exposição a RUV é um fator que contribui para a sua carcinogenicidade em ratinhos e, possivelmente, em seres humanos.

 

Fonte:

http://www.pnas.org/content/108/46/18790

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos