Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O. -
Esta página já teve 134.627.709 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.671 acessos diários
home | entre em contato
 

Ortopedia/Fisioterapia/Coluna/T.O.

Especialistas alertam para o risco de cair na folia usando salto alto e chinelo. O melhor são os tênis

15/02/2012
13/2/2012
imagem transparente

As sandálias de salto alto dão mais elegância às mulheres na hora de sambar e os chinelos são os preferidos nos blocos que ganham as ruas, mas os dois calçados podem causar acidentes.

A maratona de blocos, ensaios técnicos e, daqui a alguns dias, desfiles na Sapucaí costuma deixar um saldo preocupante nas emergências e ambulatórios de ortopedia da cidade. Os atendimentos durante e após os dias de folia estão relacionados às frequentes torções e fraturas de tornozelo, lesões no joelho e dores musculares relacionadas à sobrecarga física, de acordo com o coordenador de ortopedia da Secretaria estadual de Saúde, Marcelo Patrício de Oliveira. A falta de condicionamento físico e o uso de calçados inadequados são os principais inimigos do foliões.

— O ideal é realizar uma programação de exercícios antecipada, visando um melhor condicionamento físico, associada a alongamento antes e depois das atividades — recomenda Oliveira.

Os ortopedistas alertam ainda para o uso de salto alto no carnaval. Segundo Oliveira, esse tipo de calçado eleva demais o calcanhar e faz com que o peso do corpo fique todo concentrado na parte da frente do pé, podendo causar lesões nas articulações do pé, no tendão de Aquiles, no joelho e na coluna vertebral. Mas se o salto fizer parte da fantasia, a dica é variar os calçados ao longo da folia, para não sobrecarregar os pés.

A melhor opção é usar calçados confortáveis, de preferência, o tênis com sistema de amortecimento. Os chinelos também não são indicados, por deixarem os pés expostos.

— O tênis deve ter um bom amortecimento, além de possuir sua região posterior alta, chamado de contraforte, para evitar entorses, bastante comuns nessas ocasiões. Nunca use chinelos, porque, além de prender os pés, eles podem levar a entorses e outras lesões traumáticas e aumentar a carga na coluna vertebral — explica o fisioterapeuta Leonardo Natal, coordenador do Núcleo de Ergonomia da Universidade Veiga de Almeida.

Pessoas sedentárias, com sobrepeso ou que já apresentam problemas musculares são o grupo de maior risco e devem ter atenção redobrada.



Fonte: Extra On Line

Fonte:

http://www.portaldoconsumidor.gov.br/noticia.asp

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos