-
Esta página já teve 133.107.159 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.663 acessos diários
home | entre em contato
 

Obesidade:Adulto/Infantil/Bariátrica

Distribuição de obesidade geral e abdominal em adultos de uma cidade no Sul do Brasil

10/09/2012

Cadernos de Saúde Pública

Cad. Saúde Pública vol.28 no.3 Rio de Janeiro Mar. 2012

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000300004 

ARTIGO ARTICLE

 

Distribuição de obesidade geral e abdominal em adultos de uma cidade no Sul do Brasil

 

Distribution of general and abdominal obesity in adults in a city in southern Brazil

 

 

Rogério da Silva LinharesI; Bernardo Lessa HortaI; Denise Petrucci GiganteII; Juvenal Soares Dias-da-CostaIII; Maria Teresa Anselmo OlintoIII

IFaculdade de Medicina, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil
IIFaculdade de Nutrição, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil
IIIPrograma de Pós-graduação em Saúde Coletiva, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, Brasil

Correspondência

 

 


RESUMO

O objetivo foi determinar a prevalência e a evolução da obesidade geral e abdominal em adultos com 20 anos ou mais em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Estudo transversal de base populacional realizado em 2010. A obesidade geral foi definida pelo índice de massa corporal (IMC) > 30kg/m² e a obesidade abdominal definida como > 88cm para mulheres e > 102cm para homens. Foram entrevistados 2.448 indivíduos. A prevalência de obesidade foi de 21,7% nos homens e 29,2% nas mulheres, já a obesidade abdominal foi de 19,5% e 37,5%, respectivamente. Na análise multivariada, menor escolaridade esteve associada ao aumento da obesidade geral e abdominal em mulheres. Renda familiar apresentou relação inversa com obesidade abdominal em homens. Comparativamente, mostraram aumento das prevalências de obesidade de 1,2 vez para as mulheres e 1,5 vez para os homens, com estudos em 1994 e 2000. Porém, para obesidade abdominal houve pequena redução entre as mulheres e se manteve semelhante para os homens. A prevalência de obesidade geral aumentou nos últimos 10 anos, enquanto que a obesidade abdominal mostrou estabilidade.

Obesidade Abdominal; Índice de Massa Corporal; Circunferência da Cintura; Prevalência


ABSTRACT

The objective of this study was to determine the prevalence and trends in general and abdominal obesity in adults 20 years or older in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, using a cross-sectional population-based design, in 2010. General obesity was defined as body mass index (BMI) > 30kg/m² and abdominal obesity as waist circumference (WC) > 88cm for women and > 102cm for men. Interviews were held with 2,448 eligible individuals. General obesity prevalence was 21.7% in men and 29.2% in women, while abdominal obesity was present in 19.5% of men and 37.5% of women. According to multivariate analysis, lower schooling was associated with increased BMI and WC in women. Family income was inversely related to abdominal obesity in men. Prevalence of general obesity had increased 1.2 times in women and 1.5 in men, when compared to studies in 1994 and 2000. Abdominal obesity showed a small decrease in women, but remained stable in men. Prevalence of general obesity increased in the previous 10 years, while abdominal obesity remained basically stable.

Abdominal Obesity; Body Mass Index; Waist Circumference; Prevalence


http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-311X2012000300004&script=sci_arttext

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos