-
Esta página já teve 132.421.257 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca

Prevalência de Síndrome Metabólica em Idosos e Concordância entre Quatro Critérios Diagnósticos

10/04/2014

Arquivos Brasileiros de Cardiologia

Resumo

SAAD, Maria Auxiliadora Nogueira et al. Prevalência de Síndrome Metabólica em Idosos e Concordância entre Quatro Critérios Diagnósticos. Arq. Bras. Cardiol. [online]. 2014, vol.102, n.3, pp. 263-269.  Epub 10-Fev-2014. ISSN 0066-782X.  http://dx.doi.org/10.5935/abc.20140013.

Fundamento:

A Síndrome Metabólica (SM) é uma agregação de fatores de risco que aumenta a incidência de eventos cardiovasculares e Diabete Melito (DM). O envelhecimento da população vem acompanhado de maior prevalência de SM, que varia dependendo da população estudada e do critério diagnóstico utilizado.

Objetivo:

Determinar a prevalência de SM em idosos por quatro critérios diagnósticos e a concordância entre esses.

Métodos:

Estudo transversal realizado em 243 indivíduos acima de 60 anos (180 mulheres) em Niterói (RJ). Foram avaliados através de exame clínico glicemia jejum, insulinemia jejum, perfil lipídico e medidas antropométricas - peso, estatura, circunferência abdominal e relação cintura/quadril. A prevalência de SM foi estimada utilizando critérios diagnósticos da Organização Mundial da Saúde (OMS) modificado, National Cholesterol Education Program - Adult Treatment Panel III (NCEP-ATPIII), International Diabetes Federation (IDF) e Joint Interim Statement (JIS).

Resultados:

A prevalência foi elevada pelos quatro critérios, OMS (51,9%), NCEP-ATPIII (45,2%), IDF (64,1%) e JIS (69,1%), e a concordância entre os critérios diagnósticos pelo índice kappa foi moderada em quase todas as comparações OMS vs. IDF (k = 0,47; intervalo de confiança (IC) 95%, 0,35 - 0,58); OMS vs. NCEP-ATPIII (k = 0,51; IC 95%, 0,40 - 0,61); OMS vs. JIS (k = 0,45; IC 95%, 0,33 - 0,56); IDF vs. NCEP-ATPIII (k = 0,55, IC 95%, 0,45 - 0,65) e NCEP-ATPIII vs. JIS (k = 0,53; IC 95%, 0,43 - 0,64), exceto entre IDF vs. JIS (K= 0,89; IC 95%, 0,83 - 0,95), considerada boa.

Conclusão:

A prevalência de SM foi elevada pelos quatro critérios diagnósticos, principalmente pelo JIS. Houve uma boa concordância entre os critérios JIS e IDF e moderada entre os outros.

Palavras-chave : Síndrome Metabólica; Prevalência; Idoso; Obesidade; Circunferência Abdominal; Fatores de Risco.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos