-
Esta página já teve 132.435.779 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Cefaléia pós raqui

10/07/2003

 

Para se aliviar a cefaléia pós-raquiana, foi criada na década de 60, uma técnica na qual se realiza uma injeção de sangue autólogo no espaço epidural, próximo ao orifício da punção dural. Esse tratamento, denominado Placa de Sangue (EBP- Epidural Blood Patch), é muito comum, mas sua eficácia e modo de ação ainda são discutíveis.

Pesquisadores do Department of Anesthesiology and Critical Care e do Department of Emergency Medicine and Surgery, Groupe Hospitalier Pitié-Salpêtrière, Université Pierre et Marie Curie, na França, realizaram um estudo para se avaliar a efetividade desse método no tratamento da cefaléia pós-raquiana e os fatores que levam as suas falha. Esse estudo, incluiu 504 pacientes tratados pelo método da EBP no período de 1988 a 2000.

O efeito do EBP foi classificado em três níveis: alívio completo (desaparecimento de todos os sintomas), alívio incompleto (melhora clínica suficiente para realizar atividades normais diárias) e falha (persistência de sintomas graves).

Para identificar os fatores que levaram à falha do EBP foram usados, através de uma regressão logística, os seguintes dados: características do paciente, circunstâncias em que foi feita a punção dural, tempo entre a punção dural e a EBP, e volume de sangue injetado para EBP.

A freqüência de alivio completo foi de 75% (n=377), a de alívio incompleto 18%(n=93) e falha no EBP de 7% (n=34).

Na análise das multivariáveis, só foram considerados fatores de risco para a EBP, o diâmetro da agulha usada para realizar a punção da dura-máter (odds ratio = 5.96; 95% intervalo de confiança,2.63–13.47; P < 0.001) e um atraso na realização da EBP de menos de 4 dias.

Os pesquisadores concluíram que a placa de sangue é um tratamento efetivo para a cefaléia pós-raquiana e sua eficácia é diminuída caso a dura-máter seja puncionada por uma agulha de largo diâmetro.

Fonte: Anesthesiology 2001;95:334-39.

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos