Imunologia/Imunidade -
Esta página já teve 133.166.639 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.660 acessos diários
home | entre em contato
 

Imunologia/Imunidade

Pessoas dinâmicas, felizes e relaxadas se resfriam menos

25/07/2003

Cientistas dos Estados Unidos dizem que as pessoas dinâmicas, felizes e relaxadas se resfriam menos, enquanto as deprimidas, nervosas ou mal-humoradas dizem sentir sintomas de resfriado, mesmo que não o tenham contraído.

Num estudo publicado na revista "Psychosomatic Medicine", cientistas da Universidade Carnegie Mellon constataram que os participantes que mostravam uma atitude positiva contraíam o vírus do resfriado comum com menos freqüência.

Os pesquisadores disseram ainda que mesmo os que estavam realmente doentes apresentavam sintomas mais suaves que os de pessoas de atitude emocional negativa.

A equipe dirigida pelo professor de medicina psicosomática da Universidade Sheldon Cohen entrevistou 334 voluntários durante duas semanas para determinar seu estado emocional.

Os pontos centrais do questionário diziam respeito a bem-estar, ânimo e calma. Também tiveram de responder perguntas sobre sensações negativas como depressão, ansiedade e hostilidade.

Depois dessa avaliação, cada um dos voluntários foi infectado com o vírus do resfriado e posto imediatamente sob observação.

"Descobrimos que as emoções positivas estavam vinculadas a uma maior resistência ao desenvolvimento da gripe comum. O aumento do estilo emocional positivo foi associado a uma redução dos resfriados clínicos", observou Cohen.

Segundo os pesquisadores, levando-se em conta que uma pessoa se resfria entre duas a cinco vezes por ano, caso desenvolva uma atitude emocional positiva, é possível que se reduza o perigo de contrair uma gripe e, por extensão, qualquer doença contagiosa.

 

 

Agência EFE- 22/07


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos