Urologia/Andrologia/Homem - Melhorando a ereção
Esta página já teve 116.594.027 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.681 acessos diários
home | entre em contato
 

Urologia/Andrologia/Homem

Melhorando a ereção

01/08/2003

Métodos para Obtenção e/ou Melhora da Ereção

Em alguns casos, a ereção pode não ser satisfatória ou insuficiente para o ato sexual. Com orientações dadas por médicos especialistas em disfunção sexual na lesão medular, estes problemas podem ser contornados e solucionados. Existem diferentes métodos para a obtenção ou melhora da ereção, nos diferentes tipos de disfunção, provocada por diferentes tipos de lesão medular.

Nos casos onde existe a ereção, sem ser satisfatória ou suficiente para o ato sexual, podem ser testados alguns métodos:

1 - Testar diferentes posicionamentos do corpo, posição deitado com pernas abertas ou fechadas, ou então flexionadas e abertas; posição reclinado com as pernas abertas ou fechadas, ou flexionadas e abertas; posição sentado com pernas esticadas, abertas ou fechadas;

2 - Provocar a ereção fazendo o uso de anéis reguláveis e com aberturas, afim de pressionar a raiz do pênis, sem correr o risco de não conseguir tirar o anel após a ereção;
3 - Fazer o uso de medicamentos que melhorem a ereção durante o período de ação do remédio e do período em que houver o desejo de manter a ereção, deixando-a mais duradoura e mais forte;

4 - Usar injeções de substâncias vasoativas, aplicada na raiz do pênis. A substância injetada pode ser a papaverina e as prostaglandinas, a qual provocará uma vasodilatação e consequente ereção. Este método pode ser usado nos casos onde existe ou não a ereção;
Importante: este método só poderá ser utilizado após consulta com médico especialista em disfunção sexual na lesão medular.

Tais métodos podem gerar o priapismo, que corresponde a ereções muito longas, mais que três horas. Se isso ocorrer, será necessária que a pessoa procure um hospital, para a retirada do sangue retido nos corpos cavernosos através de uma seringa, com posterior injeção de substância vasoconstritora nos mesmos.

5 - Prótese peniana, rígida ou inflável.
A rígida proporcionará ereção constante. Apesar de sua rigidez, ela possue uma maleabilidade, para que o pênis fique posicionado de acordo com as necessidades. Geralmente ela é fabricada com uma parte interna metálica maleável, envolta por silicone.
A inflável, proporcionará a ereção de acordo com o comando da pessoa. Através de um sistema de válvulas, recipientes e dutos, um líquido será bombeado para as próteses, gerando a ereção, ou então, será bombeado para um recipiente colocado em locais próximos aos órgãos genitais, esvaziando as próteses, o que levará a não ereção;

Importante: este método também pode ser usado nos casos onde existe ou não a ereção, mas, por se tratar de uma cirurgia onde as próteses serão colocadas nos corpos cavernosos, se constitui no último recurso a ser utilizado, pois estas "destruirão" os corpos cavernosos. Caso haja o desejo de reversão da cirurgia para a retirada das próteses, não haverá mais ereção por meios naturais(do próprio corpo), mesmo que ela existisse antes da cirurgia.

 

6- Drogas indutoras de ereção


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos