-
Esta página já teve 134.695.385 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.665 acessos diários
home | entre em contato
 

diagnóstico e laboratório

Homocisteína

06/11/2003

 

 

A homocisteína é um aminoácido sulfurado cujo metabolismo envolve diversas enzimas e as vitaminas B6, B12 e ácido fólico. O interesse pelo estudo da homocisteína aumentou quando se demonstrou que elevação de seu teor plasmático se relaciona com um maior risco de doença coronariana, assim como com a deficiência de ácido fólico ou vitamina B12. A homocistinúria, por sua vez, é um erro inato do metabolismo da homocisteína, de herança autossômica recessiva, e sua causa mais freqüente é a deficiência da enzima cistationina beta sintetase. Caracteriza-se por aumento da excreção urinária e acúmulo em diversos tecidos de metionina, homocisteina e de seu dímero homocistina. A clínica da homocistinúria se caracteriza por osteoporose, graus variáveis de retardo mental, luxação de cristalino, aracnodactilia e tendência a acidentes vasculares cerebrais por tromboembolismo. Algumas formas de homocistinúria são responsivas à vitamina B6. A determinação da homocisteína plasmática é mais apropriada do que a urinária. Tem sido utilizado, com alguma freqüência, um teste de sobrecarga oral com metionina (precursor metabólico da homocisteína) para avaliar pacientes com risco de doença vascular precoce.

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos